BTG Pactual (BPAC11): resultados operacionais do Carrefour (CRFB3) foram resilientes no 1TRI21

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Carrefour

Em relatório, o BTG Pactual (BPAC11) afirma que os resultados operacionais do Carrefour (CRFB3) no primeiro trimestre de 2021 foram resilientes e corroboram para a segurança das varejistas de alimentos em meio à pandemia.

O crescimento do SSS (efeitos ex-calendário) em seu segmento de alimentos foi de 11,6%, 10 bps acima do estimado pelo BTG, levando a um crescimento de vendas de 14,2% a / a, 4% abaixo das expectativas do banco.

Atacadão e Varejo

Na bandeira Atacadão, o SSS cresceu 12,9%, 10bps abaixo do esperado pelo BTG.

Como resultado, as vendas do Atacadão aumentaram 17,5% a / a (5% abaixo do estimado pelo banco), impulsionadas por 9 inaugurações de lojas no período, enquanto a empresa pretende abrir 45 lojas de atacarejo em 2021.

Em sua divisão de varejo, apesar de ter sido afetado pela menor inflação de alimentos no período, o Carrefour apresentou crescimento resiliente de SSS de 8,6% (20 bps acima do esperado pelo BTG).

A plataforma digital do Carrefour registrou um GMV de e-commerce de R$ 741 milhões, um aumento de 35% a / a, com sua operação de marketplace representando 20% do GMV total. O comércio eletrônico de alimentos cresceu 140% a / a para R$ 197 milhões.

Financiamento ao consumidor se recuperando gradualmente

Na divisão de financiamento ao consumidor, a companhia registrou crescimento de 19,9% no faturamento para R$ 10,8 bilhões, impulsionado pela expansão de 33% a / a do Cartão Atacadão, representando 34% do total de faturamento, enquanto o faturamento do cartão de crédito do Carrefour subiu 15% a / a.

O total de vendas fora das lojas Carrefour cresceu 23% a / a, enquanto as vendas dentro da loja aumentaram 14% a / a.

Como resultado, a carteira de crédito total cresceu 17%, para R$ 13,9 bilhões.

Diante dos fatos, o BTG Pactual mantém posição de compra com preço-alvo em R$ 27,00.

Carrefour: vendas consolidadas somam R$ 18,1 bi no 1T21, alta de 15,1%

O Carrefour divulgou na segunda (19) a versão preliminar e não auditada referente ao primeiro trimestre de 2021.

A empresa apurou crescimento de 15,1% nas vendas, atingindo volume de R$ 18,1 bilhões em comparação ao mesmo período de 2020.

“O 1T foi marcado pelo cancelamento do carnaval, desaceleração da inflação de alimentos e novas medidas restritivas para combater a pandemia em março”, destacou a companhia.

“Nossa estratégia de expansão nos formatos de Atacado e Proximidade nos últimos 12 meses adicionou mais 4,2% de crescimento, com a inauguração de 9 atacados de autosserviço (sendo 5 conversões de lojas Makro) e 1 loja de proximidade no 1T21”.

O Banco Carrefour também mostrou expansão: a empresa anota aumento de 19,9% no faturamento no 1T, totalizando R$10,8 bilhões, com contribuição tanto do cartão de crédito Carrefour (+14,5% a/a), quanto do Atacadão (+32,6%).