BTG (BPAC11) recebe autorização para comprar grupo Universa, Vale (VALE3) muda dividendos e mais

José Azevedo
Jornalista especializado em economia.

Crédito: Crédito: BTG Pactual/Divulgação

BTG Pactual poderá comprar grupo Universa

O BTG Pactual (BPAC11) recebeu na noite desta quarta-feira (22) autorização do Banco Central para adquirir o Grupo Universa, que reúne as empresas Empiricus, Vitreo, Money Times, Seu Dinheiro e Real Valor.

A compra de 100% do conglomerado havia sido anunciada no fim de maio e aprovada em julho pelo Cade. O negócio faz parte da estratégia de expansão do BTG Pactual no segmento de varejo de investimentos e envolve pagamento de R$ 440 milhões à vista e R$ 250 milhões em units BPAC11.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Vale altera valor final de dividendos

Já a Vale (VALE3) anunciou uma alteração no valor dos dividendos. A quantia distribuída por ação saiu de R$ 8,108316476 para R$ 8,197239442, diferença de 1,1,% – com o yield chegando a 9,41% levando em conta o preço da ação no fechamento desta quarta-feira (22).

Estão aptos para receber os dividendos todos os investidores que possuíam ações da Vale em carteira no fechamento do pregão de 22 de setembro e todos os estrangeiros detentores de ADRs da mineradora no dia 24 de setembro.

Hapvida (HAPV3) aprova JCP e tem renúncia de executivo

Já a Hapvida (HAPV3) aprovou, através do conselho de administração, a distribuição de R$ 45,7 milhões aos acionistas no formato de juros sobre capital próprio (JCP).

Serão R$ 0,0117651047 por ação, de forma bruta – com possibilidade de incidência de 15% de imposto de renda, a depender dos acionistas serem imunes ou não.

Terão direito todos os acionistas detentores de papéis até o pregão do dia 27 de setembro e o depósito em conta será realizado no dia 22 de outubro.

Além do JCP, o conselho de administração informou que recebeu o pedido de renúncia ao cargo do vice-presidente comercial e de relacionamento da Hapvida Candido Pinheiro Koren de Lima Júnior, com validade a partir de dezembro. O conselheiro Lício Tavares Ângelo Cintra vai assumir a função.

Candido permanece como membro do conselho e, segundo a companhia, se dedicará integralmente à definição da estratégia da companhia.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo