BTG (BPAC11): Viveo (VVEO3) reporta resultados sólidos no 3TRI21

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

O relatório do BTG Pactual (BPAC11) aponta que o terceiro trimestre da Viveo (VVEO3) registrou resultados sólidos, dentro da expectativa, considerando o ajuste para despesas com opções de ações.

A receita líquida da Viveo (VVEO3) ficou em R$ 1,44 bilhão, um aumento de 19% na comparação anual. O resultado foi ajudado pela consolidação da Davisio (no final do 2º trimestre). Embora pressionado pelos efeitos menores da pandemia (ou seja, taxas de ocupação menores em hospitais e diferente mix de vendas para o canal hospitalar), o crescimento orgânico ainda foi consistente, a 14% a/a.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O BTG Pactual (BPAC11) mantém a recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 33, com um caminho de consolidação claro em um mercado de alto crescimento.

Crescimento orgânico em todas as divisões de negócios

Conforme a análise do BTG, com os desempenhos da receita líquida em cada segmento, o crescimento orgânico foi consistente em todas as divisões de negócios. A receita líquida de hospitais e clínicas cresceu 13% no 3TRI21, em R$ 1,2 bilhão. As receitas de laboratórios aumentaram 17% na comparação anual, para R$ 50 milhões. Houve inauguração de uma nova operação no RJ e maior demanda relacionada à vacinação do Covid-19.

Além disso, a receita de varejo aumentou 18,5%, em R$ 158,5 milhões. Por fim, as receitas de serviço cresceram 13% para R$ 16 milhões. No consolidado, a receita líquida cresceu 14% a/a de maneira orgânica.

Viveo (VVEO3): principais números do 3TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 3TRI21: R$ 61,25 milhões
  • Lucro 3TRI20: R$ 25,45 milhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 3TRI21: R$ 118,88 milhões
  • Ebitda 3TRI20: R$ 89,04 milhões

Receita líquida

  • Receita 3TRI21: R$ 1,5 bilhão
  • Receita 3TRI20: R$ 1,21 bilhão

Confira as projeções para Viveo (VVEO3):

vveo3