BTG (BPAC11): Totvs (TOTS3) tem 2TRI21 forte e sólido

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).

Crédito: Totvs

A Totvs (TOTS3) reportou dados do 2TRI21 fortes e sólidos, diz análise do BTG Pactual (BPAC11).

As receitas de software foram de R$ 685 milhões, alta de 14% a/a e 3% t/t, ficando 1,7% acima da estimativa do BTG.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

As receitas recorrentes cresceram incríveis 17% a/a (ritmo mais alto desde que a Totvs começou a relatar com essa composição), com receita recorrente anualizada (ARR) de R$ 2,7 bilhões, uma incrível adição líquida orgânica de + R$ 122 milhões vs. 1T21 (recorde histórico), abrindo caminho para o futuro crescimento da receita, diz o BTG.

Com os custos crescendo em um ritmo mais lento do que as receitas, o EBITDA de software da Totvs cresceu 24% a/a, superando as estimativas em 4%.

“Nova Totvs” é uma realidade

A Totvs mudou seus padrões de divulgação para dar mais cor às suas três verticais: i) Software de gestão, ii) Business Performance (BP) e iii) Techfin.

As duas novos verticais (Techfin + BP) representaram 15% das receitas pró-forma do 2TRI21 (incluindo RD Station).

Naturalmente, as três verticais estão em diferentes níveis de maturidade, mas eles já têm uma coisa em comum: uma margem de contribuição notável (53% para Gestão, 51% para BP e 45% para Techfin).

Números da RD Station são incríveis

O BTG diz que ficou “simplesmente maravilhado” com os números da RD Station.

Até então, havia informações limitadas sobre os números da empresa. Mas a operação é ainda mais saudável do que o BTG imaginava.

O faturamento da empresa atingiu R$ 52,4 milhões no trimestre, superando as estimativas em 15%. A margem bruta da RD ficou em incríveis 76%, 580bps acima do BTG, com margem de contribuição de 54%.

“Construímos um modelo para a RD Station, incorporando em nossos números e encontrando um valor justo de R$ 3,1 bilhões para 100% da RD”, diz o BTG.

Considerando a participação da Totvs de 92% na RD, o BTG chegou a um valor justo de R$ 5/ação para o ativo.

Foi usada uma análise DCF onde o BTG assumiu 11% Ke e crescimento perpétuo de 5,5% em termos reais.

“Prevemos que a receita da RD chegará a ~ R $ 700 milhões em 2025, com margem EBITDA de 26%”, diz o BTG.

Techfin: Produção de crédito registrou mais um recorde no trimestre

A operação da Techfin bateu novo recorde: mais de R$ 2,4 bilhões em crédito originado em 2T21 (+ 19% t/t).

A receita da Techfin cresceu 10% t/t, 1,4% acima da estimativa do BTG. A margem EBITDA ficou em 21%.

Como esperado, as margens foram pressionadas pelos efeitos da alta Taxa Selic – aumentando o custo de financiamento do fornecedor, impactando temporariamente as margens até que o fornecedor repasse os aumentos para os preços, o que não deve demorar muito, pois o prazo médio da carteira é curto, diz o BTG.

O ROE do fornecedor foi de 56% no 2T21, acelerando 43% no 1T21.

Assim, o BTG ajustou as estimativas de software para refletir os resultados recentes.

O preço teto é de R$ 45 para a Totvs.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3