BTG (BPAC11) reforça recomendação de compra para Itaú (ITUB4)

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Crédito: Itaú - Bancos

Em relatório, assinado pelos analistas Eduardo Rosman, Thiago Paura, Ricardo Buchpiguel e Vitor de Melo, o BTG Pactual (BPAC11) recomendou exposição a grandes bancos via Itaú (ITUB4) cujo os resultados o banco considera como mais defensivos, enquanto o “piso” de avaliação parece mais próximo do que para nomes de alto crescimento.

O banco destaca que com o auxílio de uma linha de receita mais forte, junto com margem financeira, taxas e seguros, todos saindo acima das expectativas, o lucro líquido do Itaú ficou 8% acima das estimativas no 3TRI21.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Para o BTG, a margem financeira do Itaú foi principal destaque positivo no trimestre. Dado que o quarto trimestre de 2020 foi um trimestre fraco para a margem financeira, o banco esperamos ver uma aceleração no próximo trimestre.

Apesar de toda a volatilidade, a margem financeira com o mercado foi bem novamente (36% acima das estimativas), queda de 3% na comparação trimestral, mas aumento de 40% a/a.

Dessa forma, o BTG reitera recomendação de compra para ações do Itaú (ITUB4) e preço-alvo de R$ 31,00.