BTG (BPAC11): impacto da crise hídrica será ditado pela forma de contratação

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: BTG/Divulgação

Em relatório sobre a crise hídrica instalada no Brasil, o BTG Pactual (BPAC11) ressaltou que o impacto deverá ser ditado pela forma de contratação.

Segundo o BTG, o ano de 2021 não começou favorável para o setor de geração hidrelétrica no Brasil, tendo em vista os níveis dos reservatórios no final de 2020 e o resultado da temporada de chuvas encerrada em abril deste ano.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

“Esse é o segmento do setor de energia que mais tende a ser impactado no curto prazo. Não enxergamos um efeito relevante nos segmentos de distribuição e – muito menos – transmissão de energia”, afirmaram os analistas da empresa.

Os níveis dos reservatórios encerraram o ano passado com 25% da capacidade após um dos piores trimestres de chuva da história do país (4T20).

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

Na região Sudeste – onde estão os reservatórios mais importantes do Brasil – em outubro do ano passado houve chuvas de apenas 53% em relação à média de longo prazo do sistema pluviométrico mensal (o pior nível desde 1932). Os meses de novembro e dezembro, respectivamente, foram o segundo e o quarto piores meses da série histórica.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

O início de 2021 também não foi suficientemente promissor para recuperação dos reservatórios, tendo em vista que o nível de chuvas foi 70% da média de longo prazo entre os meses de janeiro e abril. Dessa forma, a temporada de seca começou com os reservatórios próximos de 44% da sua capacidade.

Alerta até outubro

Segundo o BTG, a atenção com o setor deverá se manter ao longo deste ano, pelo menos até outubro quando o período de chuvas retornar e o volume pluviométrico ter a chance de se normalizar novamente.

A geração de energia abaixo da garantia física (menor indicador GSF) força as usinas hidrelétricas menos protegidas contra o risco hidrológico a recorrerem ao Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) ou ao mercado à vista para honrarem seus contratos de fornecimento de energia.

O principal substituto será a geração térmica, que é mais cara. Por isso, a maior demanda por essa fonte de energia faz com que os preços de energia no mercado secundário aumentem e, consequentemente, haja um impacto temporário nos custos das hidrelétricas que estiverem demasiadamente contratadas.

O BTG lembra, no entanto, lembra que, para a energia contratada no mercado regulado (ACR), o MRE compartilha o risco hidrológico entre os agentes geradores visando otimizar os recursos hidrelétricos.

Dessa forma, ocorre uma transferência do excedente de energia por parte dos agentes que geraram acima da sua garantia física para os agentes que geraram abaixo. Por isso, as geradoras mais contratadas e que possuem contratos fora do ACR são as mais expostas ao risco hidrológico.

O impacto da crise hídrica nas empresas

Dentre as empresas no nosso universo de cobertura do BTG (ex. Norte Energia e Santo Antonio Energia), os impactos da crise hídrica tende a ser heterogêneo por conta dos diferentes formatos de contratação da energia.

Apesar de ambas as usinas possuírem seguro contra o risco hidrológico na parcela ACR, quase toda a garantia física da Santo Antônio (STEN13, STEN23 e SAES12) está contratada.

Assim, ao todo, 37% da energia contratada possui exposição ao risco hidrológico. Mas esses fatores – somados à geração de caixa já apertada até o vencimento das debêntures – requerem um monitoramento mais próximo.

“Apesar das métricas de crédito mais justas – e que já eram esperadas para esse ano, seguimos confortáveis com a Norte Energia (NTEN11). A companhia possui um colchão mais elevado de energia descontratada (20% da garantia física), menor exposição ao risco hidrológico (30% da energia contratada) e uma estrutura de garantias robusta para suportar o ciclo atual (ex. fiança bancária até Dez-21). Continuaremos monitorando de perto o setor de geração hidrelétrica e enviaremos novas atualizações caso necessário”, afirmam os analistas do BTG.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.