BTG (BPAC11): Eztec (EZTC3) tem dados operacionais fracos no 3TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Foto: Eztec

A Eztec (EZTC3) divulgou dados operacionais fracos no terceiro trimestre, segundo o BTG Pactual (BPAC11). As vendas brutas foram de R$ 287 milhões e os cancelamentos totalizaram R$ 32 milhões, garantindo vendas líquidas de apenas R$ 255 milhões (-24% a/a e 51% abaixo da expectativa).

O desempenho de vendas dos grandes projetos recentemente lançados foi o principal responsável dos números fracos (EZ Infinity está apenas 2% vendido e Arkadio apenas 13% vendido).

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O ratio de vendas sobre a oferta era, portanto, de insignificantes 9% (vs. 17% no 3T20).

Grande projeto lançado no terceiro trimestre, no valor de R$ 460 milhões

No 3T21, a Eztec lançou o Arkadio, um empreendimento residencial de alto padrão na Região do Brooklin da cidade de São Paulo. Assim, os lançamentos no 3T21 totalizaram R$ 460 milhões (+ 123% a/a; em linha com o BTG), enquanto os lançamentos nos 9M21 foram de R$ 1,42 bilhão (metade do previsto no guidance).

A Eztec planeja lançar um projeto de R$ 730 milhões nas próximas semanas (Único Verde).

Orientação da Eztec para 2021 parece ambiciosa

Os resultados do terceiro trimestre foram fracos, com vendas bem abaixo da perspectiva do BTG.

A estratégia da Eztec para sustentar margens elevadas levou a um fraco desempenho de vendas em projetos recém-lançados, uma vez que a empresa elevou os preços.

Embora o curto prazo possa ser desafiador (o guidance de lançamento agora parece ambicioso, e vendas fracas podem levar a um P&L mais suave do que o esperado), o BTG mantém a recomendação de compra (1,3x P / TBV), refletindo principalmente o “histórico impressionante da empresa”, dizem os analistas.  O preço-alvo é de R$ 47.