BRMalls (BRML3), Movida (MOVI3) e CCR (CCRO3) aprovam debêntures

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: BRMalls (BRML3)

A CCR (CCRO3) aprovou nesta quarta-feira (18) sua 14ª emissão de debêntures simples, em duas séries. Serão 960 mil debêntures.

Cada debênture terá valor nominal unitário de R$ 1 mil na data de emissão, totalizando um montante de R$ 960 milhões.

O prazo de vencimento das debêntures da Primeira Série é de seis anos. Ou seja, em 15 de dezembro de 2026.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

O das debêntures da Segunda Série de oito anos, vencendo-se, portanto, em 15 de dezembro de 2028.

A CCR não especificou quantas debêntures fazem parte da primeira e da segunda séries.

BRMalls (BRML3): debêntures de R$ 500 mi

A BRMalls (BRML3) aprovou também a emissão de debêntures. É a 8ª emissão da empresa, em série única.

O valor total da emissão será de R$ 500 milhões. Serão emitidas 50 mil – cada um ao valor unitário de R$ 10 mil.

A empresa informa que as debêntures são títulos representativos de dívida perpétua e terão prazo indeterminado, vencíveis somente em caso de liquidação da companhia.

Entretanto, há a possibilidade de resgate antecipado da totalidade das debêntures; oferta de aquisição facultativa da totalidade delas, com consequente cancelamento; e vencimento antecipado das obrigações decorrentes, ocasiões em que a companhia obriga-se a proceder ao pagamento das debêntures.

Os recursos obtidos serão integralmente utilizados para reforço de seu capital de giro e alongamento de seu perfil de endividamento.

Movida (MOVI3): debêntures no valor de R$ 200 mi

A Movida (MOVI3) é outra empresa que também aprovou a emissão de debêntures. No caso, sua 5ª emissão, em série única, no valor de R$ 200 milhões.

São 200 mil debêntures ao valor nominal unitário de R$ 1 mil.

As debêntures farão jus a juros de 100% da variação acumulada das taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros (DI), acrescido exponencialmente de sobretaxas ou spreads equivalentes a 2,75% ao ano.

os papéis terão prazo de vencimento de três anos, vencendo-se, portanto, em 16 de novembro de 2023. A amortização será em parcela única.

Os recursos obtidos serão destinados para o reperfilamento de dívidas da Movida.

LEIA MAIS
CCR (CCRO3) registra lucro de R$ 118,6 mi no 3TRI, queda de 65,2%

BrMalls (BRML3) tem queda de 97% no lucro do 3º trimestre

Movida (MOVI3) registra queda de 38,2% no lucro no 3TRI20

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.