Brisanet (BRIT3) estreia em queda na B3 (B3SA3)

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Divulgação

A Brisanet (BRIT3), empresa de fibra óptica, fez sua estreia na B3 (B3SA3) nesta quinta-feira (29). Às 12h05, os papéis da companhia caíam 3,59%, a R$ 13,42.

O preço da ação saiu a R$ 13,92, no piso da faixa estimada, que ia até R$ 17,26. A oferta movimentou R$ 1,435 bilhão.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

No preço definido, com a venda de R$ 89,8 milhões na oferta primária, a empresa levantou R$ 1,25 bilhão, recursos que usará para expandir sua rede própria e aportar capital na Agility.

Na oferta secundária, coordenada por Santander, XP, BTG Pactual e UBS-BB, atuais sócios pessoa física da companhia venderam o equivalente uma 185,5 milhões de reais de suas participações no negócio.

Sobre a Brisanet (BRIT3)

Fundada há 22 anos por Roberto Nogueira, que é CEO até hoje, a empresa afirma ser a maior empresa entre os provedores independentes de serviços de internet no Brasil (Internet Service Provider ou ISP) na tecnologia de fibra óptica, segundo o ranking da Anatel.

Com um portfólio de produtos praticamente 100% em fibra ótica e com atuação focada na região Nordeste do país, a Brisanet contava, em 30 de abril de 2021, com aproximadamente 697 mil e mais de 6.300 colaboradores, espalhados em 96 cidades no Nordeste do país.

A empresa conta com mais de 14.400 km de infraestrutura de backbone (vias utilizadas para distribuir internet às demais redes), 150 Data Centers próprios e 35.100 km de cabos FTTH (fiber-to-the-home).

A Brisanet atua também por meio da sua controlada Agility Telecom, que fornece serviços de internet sob o modelo de franquias para cerca de 140 mil clientes e já está presente em mais de 251 cidades no Nordeste do país, através de 94 franqueados.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3