BRF (BRFS3) retoma atividades na unidade de Rio Verde

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: BRF/Divulgação

A BRF recebeu autorização para retomar a produção na unidade de Rio-Verde, em Goiás, que tinha sido suspensa na terça-feira (28) pelo Ministério da Agricultura, em razão de irregularidades na qualidade da água usada na produção dos alimentos. De acordo com comunicado da empresa, o Serviço de Inspeção Federal (SIF) liberou o retorno da produção.

“A companhia apresentou um plano abrangente para resolução dos apontamentos identificados pelo SIF a respeito do sistema de abastecimento de água da unidade, incluindo as devidas ações necessárias de melhoria”, diz o comunicado.

A BRF tinha anunciado a paralisação em comunicado no dia 29, após reportagem publicada no jornal Valor. No documento, a companhia negou informações de que mantinha registros paralelos com o intuito de adulterar padrões exigidos pela legislação. E disse que faz monitoramento constante da captação e tratamento de água, o que envolve acompanhamentos distintos e a realização de coletas em diferentes etapas do processo, em conformidade com a legislação.