Ação da BRF (BRFS3) sobe 6,97% após balanço e puxa ações do setor

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Foto: ação

A BRF (BRFS3) lidera os ganhos do Ibovespa após divulgar seu balanço do terceiro trimestre e seus pares acompanham o movimento de alta.

BRF registrou lucro líquido de R$ 219 milhões no terceiro trimestre de 2020. O valor é 50,9% menor do que o mesmo período do ano passado.

Ebitda ajustado da empresa foi de R$ 1,317 bilhão. Ou seja, aumento de 15,3% no comparativo com o mesmo trimestre de 2019.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

Por volta das 16h, a ação da BRF subia 6,97%, Marfrig (MRFG3) +1,55%, Minerva (BEEF3) -0,20% e JBS (JBSS3) +1,76%.

  • Quer saber todos os balanços que serão divulgados nesta semana? Veja aqui o calendário de resultados!

Apesar da forte alta de ontem, hoje o petróleo segue registrando ganhos. Com isso, a ação da PETR4 avança 1,43%, enquanto Petro Rio (PRIO3) sobe 3,26% e a segunda maior alta do Ibovespa.

PetroRio divulgou os dados operacionais preliminares e não auditados referentes a outubro de 2020. De acordo com a empresa, no mês passado foram produzidos 30.942 barris (bbls) por dia.

O montante se distribui em 9.049 para o Campo de Polvo, 12.331 para Frade e 2.193 oriundos de Manati.

A terceira maior alta do índice é a Ultrapar (UGPA3) 3,18%.

Embraer (EMBR3) registra alta de 106,4% no prejuízo no 3TRI

Embraer (EMBR3) registrou prejuízo líquido de R$ 649 milhões no terceiro trimestre de 2020, o que representa um aumento de 106,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Os papéis da companhia são a maior queda do Ibovespa, recuando 3,51%.

Magazine Luiza (MGLU3) registra queda de 12,4% no lucro 3TRI

Magazine Luiza (MGLU3) reportou lucro líquido de R$ 206 milhões no terceiro trimestre deste ano, um desempenho 12,4% inferior ao reportado em igual período do ano passado.

Mas o lucro líquido ajustado atingiu R$ 215,9 milhões, um crescimento de 69,6% comparado ao terceiro trimestre de 2019.

A Magalu opera perto da estabilidade, com leve alta de 0,11%. Já a B2W (BTOW3) cai 3,01% e a Via Varejo recua 1,40%.

BTG Pactual (BPAC11) tem lucro acima da projeção

BTG Pactual (BPAC11) apresentou lucro líquido ajustado de R$ 1,01 bilhão no terceiro no trimestre deste ano. No mesmo período do ano anterior, o lucro foi de R$ 1,07 bilhão.

O resultado veio acima do consenso de mercado, que esperava um lucro de R$ 860 milhões no trimestre. A ação do banco cai 2,10%.

Linx (LINX3) tem queda no lucro no 3TRI

Linx (LINX3) registrou um lucro líquido ajustado de R$ 3,03 milhões no terceiro trimestre. No mesmo trimestre do ano anterior, a companhia havia reportado lucro de R$ 19,58 milhões. A ação da Linx recua 1,49%.

Vale (VALE3) anuncia fim de acordo de acionistas

Vale (VALE3) informou que o acordo de acionistas vigente entre Litela, Litel, Bradespar, Mitsui e BNDES Participações expirou na segunda-feira (9).

Desse modo, a partir de hoje (10), as ações e, portanto, os votos, pertencentes aos acionistas acima mencionados, não estarão mais vinculadas ao acordo. As ações VALE3 sobem 0,11%.

O acordo foi assinado em 14 de agosto de 2017, a fim de ajustar a estrutura de governança corporativa durante o período de transição para se tornar uma empresa de capital disperso.

Marisa (AMAR3) tem alta de 64% no prejuízo

Marisa (AMAR3) registrou um prejuízo líquido de R$ 124,5 milhões no terceiro trimestre de 2020, um aumento de 64% em relação ao mesmo período do ano passado.

As vendas do varejo alcançaram R$ 446,6 milhões no período, queda de 18,9% na comparação anual. O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 22,1 milhões, uma redução de 19% das perdas financeiras. O papel cai 1,97%.

Positivo (POSI3) lucra R$ 50,3 milhões

Positivo (POSI3) registrou um lucro líquido de R$ 50,3 milhões referente aos resultados do terceiro trimestre de 2020.

Os números representam um avanço de 455% sobre o mesmo período do ano passado, com lucro de R$ 9,05 milhões. Com isso, a ação sobe 6,80%.

Direcional (DIRR3) tem alta de 27% do lucro líquido

A Direcional (DIRR3) reportou um lucro líquido ajustado de R$ 33 milhões no terceiro trimestre de 2020. O valor é 27% maior do que o mesmo período de 2019.

No acumulado do ano, a empresa teve lucro líquido de R$ 76,9 milhões ante R$ 72,2 milhões do mesmo período do ano passado. A ação da Direcional avança 0,96%.

Yduqs (YDUQ3) tem queda de 26,3% no lucro

Yduqs (YDUQ3) registrou um lucro líquido de R$ 112,5 milhões no terceiro trimestre de 2020, um desempenho 26,3% inferior em relação ao mesmo período do ano passado. A ação da companhia opera em leve alta de 0,19%.

Itaúsa (ITSA4) tem queda de 8% no lucro líquido

O lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) foi de R$ 1,784 bilhão no terceiro trimestre, queda de 8% no comparativo com o mesmo período do ano passado (R$ 1,947 bilhão).

No acumulado dos nove meses de 2020 o resultado é ainda menor: queda de 51% do lucro líquido da Itaúsa. Até setembro deste ano a empresa teve lucro líquido de R$ 3,394 bilhões ante R$ 6,862 bilhões no mesmo período do ano passado. O papel avança 0,19%.

São Martinho (SMTO3) registra lucro de R$ 331,89 mi

São Martinho (SMTO3) reportou um lucro líquido de R$ 331,89 milhões no segundo trimestre do ano safra 2021.

No mesmo período do ano imediatamente anterior, a empresa teve lucro de R$ 61,98 milhões. No acumulado dos seis meses de 2021, o lucro registrado é de R$ 447,6 milhões, alta de 191,7% ante o mesmo período anterior.

São Martinho também aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP). O valor bruto é de R$ 120 milhões, equivalente a R$ 0,34644526 por ação.

O JCP será deduzido dos dividendos do exercício social a ser encerrado em 31 de março do próximo ano. O montante do JCP deverá ser pago aos acionistas no dia 10 de dezembro deste ano.

Os papéis da empresa avançam 6,19%.

Vulcabras Azaleia (VULC3) tem alta de 3,8% no lucro líquido

A empresa de calçados Vulcabras Azaleia (VULC3) teve um lucro líquido de R$ 43,4 milhões no terceiro trimestre de 2020. Ou seja, um aumento de 3,8% sobre os R$ 41,8 milhões do mesmo período do ano passado.

A margem líquida da Vulcabras Azaleia ficou em 11,4% no terceiro trimestre de 2020. Uma redução de 0,2 ponto porcentual em relação ao mesmo período do ano passado.

A ação sobe 0,42%.

EVEN3: subsidiária define preço de venda do Fasano Itaim

A construtora e incorporadora Even (EVEN3) informou que a subsidiária Taperebá celebrou um Instrumento Particular de Outorga de Opção de Compra e Venda dos imóveis que compõem o Hotel Fasano Itaim, incluindo o restaurante e 32 studios.

Os imóveis à venda ficam no Condomínio Pedroso Alvarenga, na capital paulista. O valor estipulado é de R$ 310 milhões.

Copel (CLPE6): braço telecom é arrematado em leilão

A Companhia Paranaense de Energia, Copel (CLPE6), informou que o Bordeaux Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia foi o vencedor da alienação de 100% do braço de telecomunicação da Copel.

Em leilão realizado na sede da B3, em São Paulo, o fundo arrematou as ações da Copel Telecom por R$ 2,395 bilhões. As ações da Copel caem 2,27% hoje.

Ouro Fino (OFSA3) vê lucro crescer 3,6 vezes no 3TRI20

Ouro Fino (OFSA3) registrou um lucro líquido de R$ 45,5 milhões no terceiro trimestre de 2020, crescimento de 3,6 vezes em relação com o mesmo período do ano passado. O papel da companhia sobe 3,32%.

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos poderá ajudar em sua jornada de investimentos.