BRF (BRFS3) precifica senior notes de até 30 anos no valor de US$ 500 mi

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

A BRF (BRFS3) precificou, nesta quarta-feira, 16, uma oferta no exterior de senior notes, no valor de US$ 500 milhões.

Segundo o comunicado, as Notes serão devidas em 21 de setembro de 2050, remuneradas à taxa de 5,750% ao ano. Além disso, caberá o pagamento de juros semestrais a partir de 21 de março de 2021.

A BRF informou que pretende utilizar parte dos recursos captados com a oferta das Notes para repagar parte de suas dívidas. Já os recursos remanescentes serão utilizados em propósitos corporativos gerais.

As Notes foram oferecidas apenas a investidores institucionais qualificados e a pessoas não americanas, de acordo com as normas do Securities Act.

De acordo com a BRF, as Notes não foram nem serão registradas perante a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e por esse motivo não podem ser ofertadas e não serão vendidas no Brasil.

A exceção fica por conta de circunstâncias que não constituam uma oferta pública ou uma distribuição não autorizada nos termos da legislação e regulamentação brasileiras.

Por fim, a companhia informou que as Notes serão levadas a registro pela BRF na Bolsa de Luxemburgo, para comercialização no Euro MTF Market.

BNDESpar esclarece notícia sobre financiamento à Gol (GOLL4)

O BNDESpar esclareceu, na noite de hoje, 16, a notícia veiculada no jornal O Globo sob o título “Gol recebe proposta de financiamento do BNDES”.

Como resposta ao questionamento da CVM sobre a veracidade da informação, a BNDESPar disse que vem conduzindo negociações com a Gol, no intuito de viabilizar o apoio financeiro à companhia, em crise pelos efeitos da pandemia de Covid-19.

A companhia informou ainda que não publicou fato relevante sobre o programa de auxílio pois não é acionista da Gol, bem como não possui qualquer valor mobiliário negociado no mercado.