Braskem (BRKM5) detalha emissão de notas no exterior, de US$ 500 mi

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Wikipedia

O portal Infomoney noticiou ontem (15) que a Braskem Netherlands Finance, preparava uma emissão de notas subordinadas no mercado internacional. Em virtude disso, a CVM solicitou esclarecimentos à Braskem.

A Braskem informou à CVM, que o Conselho de Administração da companhia aprovou, no dia 14 de julho de 2020, a autorização para emissão de títulos de dívida, no exterior, para investidores institucionais qualificados dentro de certos parâmetros e condições

Contudo, termos finais estão sujeitos a condições favoráveis do mercado em geral e à demanda dos investidores, e a Braskem não pode garantir que qualquer operação será concluída e dentro de quais termos.

TECN3: Dynamo passa a deter 14,84% do total do capital

A Technos informou que os fundos sob Administração da Dynamo reduziram sua participação na companhia de 19,22% para 14,84%. A Dynamo detém 11.646.490 ações ordinárias da companhia.

Na terça-feira (14), a Dynamo já havia reduzido sua fatia na Technos a 19,22%, antes a posição acionária era de 24,86%.

Conforme informações prestadas pela Dynamo, a participação acionária detida tem por objetivo o investimento na Technos.