Braskem (BRKM5) registra alta de 59 % no prejuízo no 3TRI

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Braskem

A Braskem (BRKM5) registrou prejuízo líquido atribuído aos acionistas de R$ 1,413 bilhão no terceiro trimestre de 2020, alta de 59% na comparação com o terceiro trimestre de 2019.

Considerando a Ideasa, o prejuízo líquido foi de R$ 1,337 bilhão no terceiro trimestre de 2020. Isso representa um aumento de 36% em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com a empresa, o resultado foi impactado principalmente pela provisão adicional referente ao evento geológico de Alagoas no montante de R$ 3,562 bilhões e do impacto da variação cambial no resultado financeiro dada a depreciação do real frente ao dólar sobre a exposição líquida no montante de US$ 2,679 bilhões.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

Braskem (BRKM5) inicia produção de polipropileno em unidade nos EUA

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 1,832 bilhão, uma redução de 10% na comparação ano a ano.

O custo produto vendido (CPV) somou R$ 12,4 milhões no trimestre, elevação de 7%.

A geração de caixa foi de R$ 747 milhões, alta de 86% na comparação anual.

Ebitda

O lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) recorrente somou R$ 3,765 bilhões, uma elevação de 129%.

De acordo com a Braskem, o desempenho foi impulsionado principalmente pelos melhores spreads de PE no Brasil, PP nos Estados Unidos e PE no México e pelo aumento no volume de vendas no Brasil e nos Estados Unidos, dada a recuperação da demanda por resinas no mercado brasileiro e de PP na América do Norte.

A margem Ebtida atingiu 24%, alta de 11 pontos percentuais.

Braskem (BRKM5) inclui mais 2 mil imóveis em acordo judicial

Receita cresce 20%

A receita líquida atingiu R$ 15,992 bilhões no período, um aumento de 20% em relação ao terceiro trimestre de 2019.

O lucro bruto cresceu 108% no terceiro trimestre de 2020, totalizando R$ 3,566 bilhões.

Investimentos

A empresa investiu R$ 477 milhões no terceiro trimestre de 2020.

Os aportes foram destinados principalmente para construção da nova planta de PP nos Estados Unidos, que totalizou R$ 159 milhões (US$ 30 milhões).

O restante dos recursos foi direcionado para os projetos de: upgrade de infraestrutura elétrica na planta de Neal, nos Estados Unidos; modernização do sistema elétrico no polo petroquímico do ABC; e retomada da produção de cloro-soda, em Maceió, através da aquisição de sal marinho.

Dívida da Braskem

A dívida líquida encerrou o terceiro trimestre em US$ 2,267 bilhões.

A alavancagem financeira, medida pela relação dívida líquida / Ebtida ajustado em dólares, ficou em 6,15 vezes no final do trimestre. Um ano antes a alavancagem financeira era de 5,13 vezes.

Confira os destaques do balanço da Braskem (BRKM5):

Braskem (BRKM5): lucro em prejuízo de R$ 2,47 bi no 2TRI20

A Braskem (BRKM5) registrou prejuízo de R$ 2,47 bilhões no segundo trimestre de 2020, revertendo um lucro líquido de R$ 84 milhões no mesmo período de 2019.

Conforme a empresa, o resultado foi afetado principalmente pela provisão adicional no montante de R$ 1,6 bilhão referente ao evento geológico de Alagoas e do impacto da variação cambial no resultado financeiro dada a depreciação do real frente ao dólar.

A geração livre de caixa foi negativa em R$ 980 milhões, explicado principalmente pela variação negativa do capital de giro, em função da redução de compra de nafta de fornecedores internacionais e queda do preço da nafta no mercado internacional.

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Analistas: vitória de Biden nos EUA pode favorecer bolsa brasileira

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 2,424 bilhões, uma elevação de 164%.

Conforme a Braskem atribui o resultado a depreciação do real frente ao dólar sobre a exposição líquida no montante de US$ 2,854 bilhões que não está designada para hedge accounting e despesa com a transição do hedge accounting de exportação que estava registrada no patrimônio líquido, no montante de R$ 579 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) recorrente somou R$ 1,655 bilhão, um aumento de 2%.

De acordo com a Braskem, o desempenho foi influenciado pelo menor custode matéria-prima no Brasil, dado o menor custo do estoque e por menores despesas com vendas, gerais e administrativas no Brasil e México. Além da depreciação do real frente ao dólar.

Leia mais aqui

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.