Braskem (BRKM5) fecha compra de energia renovável da Casa dos Ventos

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução / Braskem

A Braskem (BRKM5) assinou contrato de compra de energia renovável com a Casa dos Ventos. A empresa é uma das pioneiras e maiores investidoras no desenvolvimento de projetos do segmento no Brasil. O fato relevante foi publicado nesta sexta-feira (22) pela Braskem.

Conforme a nota, a operação contribui para viabilizar a construção de um novo parque eólico pela Casa dos Ventos no Rio Grande do Norte. O que garantirá o fornecimento de energia para a Braskem por um prazo de 20 anos.

Além da aquisição de energia, a Braskem terá a opção de adquirir uma participação acionária nos parques eólicos, possibilitando o regime de autoprodução.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a soluções customizadas de acordo com seu perfil

A Braskem destaca que este é o quarto contrato de compra de energia renovável competitiva assinado pela companhia.

Com as aquisições, a empresa ultrapassa o montante contratado médio de 100 MW de energia renovável de fonte solar e eólica. Isto coloca a Braskem perto de alcançar a marca estimada de cerca de 1,5 milhão de toneladas de CO2 de emissões evitadas. E considerando apenas com estes contratos. O que contribui para que a companhia se torne carbono neutro até 2050.

CPFL (CPFE3)

O Conselho de Administração da CPFL (CPFE3) aprovou a realização de contratos de adiantamentos para futuros aumentos de capital (AFAC) de suas subsidiárias, CPFL Transmissão de Energia Sul I e CPFL Transmissão de Energia Sul II.

O valor dos contratos é de R$ 292,1 milhões. Dos quais R$ 162 milhões são para a Sul I e R$ 131,1 milhões direcionados para a Sul II.

A companhia também elegeu Flavio Martins Ribeiro para o cargo de Diretor de Engenharia.

Bradespar (BRAP4)

A Bradespar (BRAP4) comunicou mudança acionária relevante. A Fundação dos Economiários Federais (FUNCEF) passou a deter, direta e indiretamente, 11.525.700 ações preferenciais, emitidas pela companhia.

Isso representa aproximadamente 5,10% das ações preferenciais emitidas pela Bradespar.