Brasil reconhecido em 2020 como melhor mercado para investimento de ações

Paula Soares Amador
null
1

Crédito: Reprodução / wikipedia

O Brasil é reconhecido como uma das melhores opções de mercado para investimento em ações em 2020. Afirmação foi feita pelo JPMorgan Chase & C, que é a Instituição Líder Mundial em Serviços Financeiros. A terceira e maior empresa do mundo reiterou no overweight (desempenho acima da média do mercado) para o Brasil. Ressaltando que o Brasil é a melhor opção para se investir em ações na América Latina.

Segundo o estrategista, Emy Shayo Cherman em relatório, “O rali de dezembro produziu valuations maiores, mas também renovou o otimismo com uma boa história idiossincrática que funcionaria bem sob uma perspectiva global melhor e um ambiente macro mais forte”. O banco acredita  que os drivers são continuações dos que guiaram o Brasil no ano passado, com juros mais baixos e maior crescimento. Estimulando assim, uma maior aplicaçao no mercado de ações. “Em suma, 2020 tem potencial para ser como 2019, especialmente considerando a melhor perspectiva global.”

Ainda conforme o JPMorgan Chase & C, as ações brasileiras darão seguimento aos avançoes da agenda do governo depois da aprovação da reforma da previdência.

“É difícil rastrear e lidar com problemas mecanismo fiscal, com o eventual avanço da reforma tributária. Nós pensamos que saneamento e reforma previdenciária dos estados poderiam ser finalizados no 1º semestre, mas as eleições municipais colocam um fim na atividade do congresso na segunda metade do ano”, afirma o estrategista.

Emy diz também, que o principal, é ver a agenda avançando continuamente com o ritmo e postura que uma nova estrutura macro está sendo executada. E que as privatizaçãoes são benéficas nesse sentido (em 2020 a meta de R$ 150 bi). Ela acredita que o PIB (Produto Interno bruto) do Brasil irá aumentar de 2% para 2,5% no ano vigente. Os fatores de crescimento deverão continuar sendo, a melhora do emprego, consumo e expansão do crédito.

A estrategista do JP, afirma também que. “As taxas de juros estão mais baixas e também a percepção de risco, como o CDS brasileiro, que está muito próximo de seu nível mais baixo de todos os tempos, encolhendo 100 pontos-base em 2019. Isso estimula uma fuga da renda fixa para ações. Isso aconteceu em 2019, compensando em mais de duas vezes o resgate de investidores estrangeiros.”

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Ricos também existem para o Brasil

Apesar de tantas coisas boas o risco também existe, explica Emy, mas ela diz que “são os típicos” de toda América Latina. Um susto que do nada pega os mercados, provenientes de trocas de cargos, demissões, protestos, escândalos e greve.  “Os cisnes negros costumam visitar o Brasil com frequência, e são eles que devemos temer, considerando que em 2019 eles não apareceram.”

A estrategista do JPMorgan Chase & Co., finalizou com a seguinte conclusão: “O Brasil não está caro, mas pensamos que existem alguns setores ricos: consumo e saúde — também em certa medida o setor industrial. O setor financeiro tem um prêmio de cerca de 20% sobre os mercados emergentes, mas não achamos que isso seja excessivo e existem oportunidades nesta área. Encontramos oportunidades também em Pão de Açúcar, Petrobras e Vale”.

Saiba mais sobre o JPMorgan Chase & Co

https://pt.wikipedia.org/wiki/JPMorgan_Chase

 

 


Aproveite o atual cenário econômico do Brasil e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Deixe seus dados abaixo e conte com a nossa equipe para lhe ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374