Brasil Agro (AGRO3) lucra R$ 20,4 milhões no 2tri20 e reverte prejuízo do 2tri19

Katherine Rivas
null
1

Crédito: Charles Ricardo / Pixabay

O Brasil Agro (AGRO3) reverteu o prejuízo de R$ 513 mil reais do segundo semestre do ano da safra 2019, para um lucro líquido de R$ 20,402 milhões no segundo trimestre de 2020.

No primeiro semestre da safra de 2020, a empresa reportou lucro líquido de R$ 60,978 milhões. A queda em comparação ao mesmo período em 2019 foi de 55,2%, onde o lucro foi de R$ 136, 124 milhões.

Já o lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) somou R$ 48,156 milhões, com um ganho de 45,9%.  No semestre a queda do EBITDA foi de 38,5%.

A receita líquida de vendas para o segundo trimestre de 2020, foi de R$ 86,921 milhões e foi puxada pela venda de cana de açúcar, com vendas de R$ 48,272 milhões, seguida do milho com vendas de R$ 14,753 milhões.

Em relação as toneladas vendidas o milho teve um aumento de 251% para o primeiro trimestre de 2020 e a cana de açúcar de 18,1%.  O total de produtos vendidos neste período foi 497 mil toneladas, com alta de 21,9%.

O resultado financeiro líquido da empresa foi negativo em R$ 10,855 milhões, contudo apresentou uma melhora de 25,5% comparado ao resultado de 2019.

Análise

Segundo informou a empresa os resultados de 2020 foram influenciados pela incorporação da Agrifirma, que é detentora de 28.930 hectares agrícolas localizadas no  oeste  da Bahia, o que trouxe benefícios financeiros e comerciais.

A incorporação, de acordo com a companhia permitiu ampliar o portfólio da Brasil Agro em 266.053 hectares, dos quais 35% estão desenvolvidos.  A companhia afirmou que as condições climáticas foram favoráveis com chuvas o que favoreceu a produção nas lavouras de soja e milho.