Bradesco (BBDC4) anuncia início da Bitz, em parceria com Cielo (CIEL3)

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Bradesco

O Banco Bradesco (BBDC4) anunciou o início das operações do Bitz Serviços Financeiros, nova empresa da banco, que ingressa no mercado brasileiro de carteiras digitais e contas de pagamento.

A Cielo (CIEL3) foi escolhida como prestadora de serviços de tecnologia do Bitz.

Por meio da nova empresa, o Bradesco passará a oferecer o produto Bitz, que é uma Carteira Digital que possibilitará aos clientes armazenar dinheiro, fazer pagamentos, transferências, recebimentos, recarga de celular, pagamentos por QR Code e compras on-line em uma ampla rede de aceitação.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Conforme a Cielo, empresas e empreendedores que usarem a carteira Bitz terão a oportunidade de enviar links de pagamentos para seus clientes.

Além disso, o Bitz permitirá aos seus clientes realizar compras em mais de 1,5 milhão de máquinas da Cielo distribuídas em todos os estados e no Distrito Federal por meio do QR Code, solução que viabiliza transações sem contato.

Assim, o Bradesco passará a ter um portfólio ainda mais completo, promovendo inclusão digital e financeira a uma parcela relevante da população, diz o comunicado do banco. “O Bitz é resultado de um trabalho com grandes parceiros, no intuito de garantir uma oferta diferenciada aos seus clientes.”

De acordo com o Bradesco, o Bitz terá estruturas societária e financeira independentes.

O Bitz contará com a expertise e escala que o Bradesco oferece, assim como a sua forte distribuição e solidez.

“A Cielo está orgulhosa por participar dessa iniciativa com o Bitz, que vai impulsionar o uso do celular como ferramenta de pagamentos e consolidar a posição da companhia como provedora deuma plataforma tecnológica de ponta”, afirma Paulo Caffarelli, presidente da Cielo, em comunicado ao mercado.

Segundo Caffarelli, as transações via QR Code geradas pelos usuários Bitz nas máquinas da companhia ajudarão a expandir as receitas dos terminais.