Bradesco (BBDC4) faz alterações na direção e cria vice-presidência de clientes

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação

O Bradesco (BBDC4) comunicou nesta segunda-feira (01) várias modificações na direção do banco e criou uma vice-presidência voltada para clientes.

A nova aérea vai abrigar a posição de Chief Customer Offecer (CCO) e ficará sob o comando de Rogério Câmara, que foi promovido da Diretoria Executiva.

Sob a gestão de Câmara ficarão também as áreas de Desenvolvimento de Sistemas, Arquitetura de TI, Gestão de Dados, CRM e Bradesco Experience.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

Para presidir o banco digital, Next, foi indicado Renato Ejnisman, que era diretor executivo e respondia pela Bradesco Asset Management, BAC Florida Bank , Câmbio, Private e Corporate One. O diretor Departamental Oswaldo Tadeu Fernandes agora é Diretor Executivo Adjunto.

Enquanto Felipe Thut foi confirmado no cargo de diretor do banco de investimento, função que ocupava interinamente.

Saraiva (SLED4) aprova aditamento de plano de recuperação judicial

A Saraiva (SLED4) informou que seus credores aprovaram aditamento ao plano de recuperação judicial da companhia e suas controladas.

O aditamento ao PRJ busca permitir às recuperandas viabilizar a execução de seu plano de longo prazo, com o equacionamento necessário da sua dívida.

O contrato prevê que as recuperandas poderão constituir as seguintes unidades produtivas isoladas (UPIs):

  • UPI composta por lojas físicas do Varejo;
  • UPI composta pela unidade de comércio eletrônico do Varejo e pela marca respectiva;
  • e/ou UPI composta pela UPI Site e por determinadas lojas físicas do Varejo.

Os recursos levantados da alienação das UPIs serão utilizados para pagamentos dos créditos concursais e pós concursais.

As Recuperandas realizarão um processo competitivo para alienação dos imóveis localizado na cidade de Guarulhos, Estado de São Paulo.