BR (BRDT3) recebe parcela de R$ 34,4 mi de dívida da Eletrobras (ELET6)

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/BR Distribuidora

A BR Distribuidora (BRDT3) comunicou o recebimento de valores referentes aos instrumentos de confissão de dívidas assinados com a Eletrobras.

A companhia recebeu o montante de aproximadamente R$ 34,4 milhões correspondente à 33ª parcela.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Desde a assinatura destes instrumentos, a companhia já recebeu um montante total de R$ 4,698 bilhões.

BTG Pactual (BPAC11) informa data de pagamento de proventos

O BTG Pactual (BPAC11) informou que o pagamento dos proventos deliberados nas reuniões do conselho de administração de 17 de julho de 2020 e 30 de dezembro de 2020, serão realizados no dia 05 de fevereiro de 2021.

O pagamento dos proventos, na forma de juros sobre capital próprio, observará os termos e condições estabelecidos nas reuniões do conselho, bem como nos respectivos avisos aos acionistas divulgados ao mercado.

Iguá (IGSN3) contrata financiamento junto à Caixa de R$134,332 mi para investimentos em obras em Atibaia (SP)

A Iguá (IGSN3) concluiu a contratação, por sua subsidiária Atibaia Saneamento, de financiamento junto à Caixa Econômica Federal, no montante de R$134,332 milhões e prazo de 22 anos.

Os recursos captados serão utilizados para o financiamento de investimentos em obras de expansão dos serviços de esgotamento sanitário no município de Atibaia.

A Iguá destacou que este financiamento é o de maior prazo já obtido pela Iguá, e segue a estratégia da Companhia de diversificar suas fontes de recursos e otimizar a sua estrutura de endividamento.

Com esta contratação, a Iguá soma R$1,3 bilhão em novas dívidas contratadas desde Julho de 2017.

Tupy (TUPY3) aprova emissão de US$ 375 milhões em títulos de dívida

A Tupy (TUPY3) aprovou a emissão de títulos de dívida sêniores a ser realizada pela Tupy Overseas S.A., subsidiária da Companhia, destinados à colocação no mercado internacional.

A Emissão terá o valor principal de até US$ 375 milhões, acrescido de juros a serem calculados de acordo com a precificação, pagos semestralmente, com prazo final de vencimento em até 2031.

Os recursos provenientes da Emissão serão utilizados para pagamento de dívida, despesas relacionadas a emissão e gestão ordinária dos negócios da c

ompanhia.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3