BR Distribuidora (BRDT3) entra na carteira do mês de agosto da Ativa

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: BR Divulgação

A Ativa Investimentos divulgou sua carteira para o mês de agosto e recomendou apenas uma troca. Entra BR Distribuidora (BRDT3) e sai São Martinho (SMTO3). Os outros 13 ativos continuam os mesmos da carteira recomendada para julho.

Ficam Vale (VALE3), Telefonica (VIVT4), Banco do Brasil (BBAS3), Sabesp (SBSP3), Lojas Renner (LREN3), Petrobras (PETR4), Yduqs (YDUQ3), Pão de Açúcar (PCAR3), JBS (JBSS3), Sul América (SULA11), Unidas (LCAM3), Itaú Unibanco (ITUB4) e TIM (TIMPO3).

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Em julho, a carteira Strategy rendeu 5,41%, contra 8,27% do Ibovespa.

No ancumulado do ano, a Strategy tem uma queda de 21,34%, contra menos 11,01% do índice oficial.

Entretanto, desde 2010, a Ativa ganhou com suas carteiras mensais 71,75%, enquanto o Ibovespa teve alta de 29.04%.

Os destaques de julho foram a Unidas (LCAM3), com alta de 13,4%; a Sul América (SULA11), com crescimento de 13,2%; e a Telefonica (VIVT4), com mais 10,4%.

Apenas Pão de Açúcar (PCAR3), com baixa de 0,6%; e Lojas Renner (LREN3), com menos 1,0%, recuaram.

Justificativa da Ativa para a BR Distribuidora

Para agosto, a empresa optou por realizar apenas uma substituição de ativos e dois ajustes de pesos, “com a finalidade de captarmos triggers específicos setoriais e que possam trazer uma maior rentabilidade para a carteira como um todo”.

“Assim, adicionamos Petrobras Distribuidora (BRDT3) à nossa carteira no lugar de São Martinho (SMTO3), no objetivo de desfrutar de
possíveis ganhos de margem que a companhia pode vir a obter com os menores preços do petróleo no mercado”, justifica.

“Optamos, também, por reduzir o peso em GPA (PCAR3) pois, contrariamente ao que esperávamos, um resultado significativamente positivo não foi um driver suficiente de apreciação das ações, apesar de vermos bom potencial de valorização para o papel”, analise.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.

Carteira semanal

Com relação à carteira recomendada para a semana que começou em 31 de julho e se encerra em 6 de agosto, a Ativa realizou também uma troca, colocando Alpargatas (ALPA4) e retirando Magazine Luiza (MGLU3).

Os outros quatro papéis seguem os mesmos: Notre Dame Intermédica (GNDI3), Camil Alimentos (CAML3), Equatorial Energia (EQTL3) e Weg (WEGE3).

Na comparação com o Ibovespa e o IBRX Brasil, a carteira rendeu 1,35%, contra 0,52% e 0,64%, respectivamente.

Em 2020, a carteira acumula perda de 26,10%, contra menos 11,01% (Ibovespa) e menos 10,43% (IBRX Brasil).

A Equatorial (EQTL3), com alta de 3,61% nos cinco dias analisados, e Camil Alimentos (CAML3), com mais 2,50%, foram os destaques positivos.

Contudo, Notre Dame Intermédica (GNDI3), com queda 1,91%, foi o único ativos dos cinco que recuou.