Bolsonaro usa tanques em dia sobre voto impresso; veja mais notícias

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O presidente Jair Bolsonaro ordenou que tanques fossem às ruas em Brasiília, em um desfile militar em meio à análise do voto impresso pelo plenário da Câmara dos Deputados, segundo noticiou O Estado de S.Paulo, bem como a Folha de S.Paulo.

Ainda de acordo com o jornal, o desfile militar em Brasília foi ordem de Bolsonaro. Esta é considerada uma iniciativa inédita.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Segundo o Valor Econômico, o desfile em Brasília contará com 150 blindados e será seguido de um ato na Câmara dos Deputados, em protesto ao que os parlamentares consideraram uma “clara tentativa de intimidar o Poder Legislativo”.

Matéria do jornal O Globo, informa que, após críticas, Bolsonaro convida chefes do Judiciário e do Congresso para ver desfile de blindados. Enquanto isso, parlamentares denunciam uma suposta ameaça e vão à Justiça. De acordo com a Folha de S.Paulo, os parlamentares alegam que é tentativa de intimidação.

Precatórios colocam em xeque a credibilidade fiscal

Os precatórios e o novo auxílio colocam em xeque a credibilidade fiscal. De acordo com o jornal Valor Econômico, a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios é considerada fundamental para o reajuste ao Bolsa Família.

A Medida Provisória (MP) que dará origem à proposta já foi publicada. Para especialistas, a medida gera preocupações no âmbito fiscal.

De acordo com a Folha de S.Paulo, a proposta enviada por Bolsonaro, inclui terá vale-creche e benefício para atleta e estudante de destaque.

Relatório do clima pressiona o Brasil

Novo relatório sobre as condições climáticas, colocam mais pressão sobre o Brasil, de acordo com o Valor Econômico. Escrito por 234 autores de 66 países, documento quantifica pela primeira vez a culpa humana no aquecimento global e cobra ação de governos.

De acordo com O Globo, a crise climática já pode vir na próxima década. Especialistas afirmam que Brasil está no centro de uma emergência que já afeta os biomas e sua biodiversidade, a vida no campo e na cidade, a economia, e que pode piorar se nada for feito.

Segundo informado pelo Estadão, o planeta esquentará 1,5º C até 2040, com forte efeito no Brasil.

O fenômeno provocará eventos climáticos extremos com maior frequência, como enchentes e ondas de calor.

Já de acordo com a Folha de S.Paulo, crise climática já agrava secas, tempestades e temperaturas extremas e é considerada irreversível.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3