Bolsonaro diz que pode determinar na próxima semana volta do comércio no país

Daniele Andrade
Jornalista formada pela Universidade Positivo, pós-graduada em Mídias Digitais. Atualmente cursa bacharel em História. Gosta de produzir reportagens sobre política tanto nacional quanto internacional, economia e tecnologia.
1

Crédito: Reprodução Marcos Corrêa/Agência Brasil

Na próxima semana poderá ser editada uma norma para garantir a volta do comércio, entre outras atividades no Brasil afora. O presidente Jair Bolsonaro afirmou a informação em uma entrevista para a Rádio Jovem Pan. As informações são da Reuters.

Bolsonaro disse que o retorno pode acontecer, caso os governadores e prefeitos não revejam suas decisões a respeito das medidas de isolamento social. “Na semana que vem, se não começar a volta gradativa do emprego, eu vou ter que tomar uma decisão. Para abrir o comércio, eu posso abrir uma canetada.” disse o presidente.

Desde a semana passada, Bolsonaro tem feitos duras críticas as medidas de isolamento social como a quarentena, adotadas nos Estados. Segundo o presidente, os gestores regionais não têm se preocupado com o impacto econômico dessa medida. A qual poderá ter um custo social muito maior, do que o combate ao coronavírus.

Durante a entrevista a rádio, Bolsonaro disse que “alguns governadores” querer que ele tome esse tipo de decisão. Para trazer o problema para o “seu colo”. O presidente defendeu o direito das pessoas ao retorno do trabalho, citando que apenas os grupos de risco devem-se isolar. O que acaba contraria o protocolo do Ministério da Saúde, de seu próprio governo.

Segundo Bolsonaro, as pessoas precisam se preparar para o retorno ao trabalho. E que isso vai ocorrer, seja por decisão dos governadores ou do presidente da República. Contudo, Bolsonaro ressaltou que se a decisão partir dele, ela passaria pelo Supremo Tribunal Federal ou Congresso. Mas que essas instituições podem barrar uma determinação como esta.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Previsões de Bolsonaro para o futuro

Bolsonaro falou na entrevista, que os governadores assumiram o processo de isolamento sem procurar o Executivo Federal. Segundo o presidente, há um alarmismo dentro da situação, embora admitiu que haverá mais mortes. Entretanto, Bolsonaro afirmou que está esperando o apelo da população. Para tomar a decisão sobre a retomada das atividades no país todo.

Para o futuro, o presidente comentou que muitas pessoas poderão passar fome e dessa maneira haverá saques no país. Ele também afirmou, que os servidores públicos terão de compreender que sem arrecadação, não haverá salários. 

Em relação ao coronavírus e o isolamento social, Bolsonaro disse que 70% das pessoas vão acabar infectadas. E, comparou a situação a uma epidemia de guerra.

Mesmo com as críticas aos governadores e prefeitos, pela paralisação das atividades, o presidente destacou medidas de apoio à população. Em que, o governo federal vai disponibilizar o auxílio mensal, dos 600 reais a pessoas vulneráveis na próxima semana.