Bolsonaro passará 4 dias nos EUA e irá visitar instalações militares

Paula Soares Amador
Colaboradora EQI
1

Crédito: Brasilia DF 02 02 2919 O senador Flávio Bolsonaro no plenário do Senado Senado inicia novamente o processo de votação. Flavio Bolsonaro mostra o seu voto (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro irá viajar no próximo sábado para Miame em companhia da sua equipe ministerial. A permanência nos EUA será de 4 dias, e fazem parte da agenda, encontros com políticos, empresários e visitas ás instalações militares do Comando do Sul. Porém, ainda não existe nenhuma programação para um encontro entre Bolsonaro e Donald Trump, conforme publicado pela Agência Brasil.

Consequências da visita de Bolsonaro

O porta-voz do Palácio do Planalto, Ótávio Rêgo Barros, disse que a visita feita por Bolsonaro irá fortalecer entre Brasil e EUA, as relações diplomáticas. O porta-voz ainda reforçou a ligação cultural e comercial entre os dois países, declarando que “essa visita do presidente Bolsonaro à Flórida servirá para reforçar os vínculos com um dos principais estados americanos, que abriga uma comunidade de cerca de 400 mil brasileiros, e mantém comércio de mais de US$ 20 bilhões com o país.

O Brasil, por sua vez, é o maior importador de produtos da Flórida e o terceiro maior exportador, destacando, ainda, a importância daquele estado como destino turístico para brasileiros, sendo atualmente o terceiro país que mais envia viajantes àquele estado americano”, segundo a Agência Brasil.