Bolsonaro e presidente argentino têm reunião marcada para março

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.

Crédito: Reprodução/Agência Brasil/ Valter Campanato

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro deve se encontrar com o colega argentino, Alberto Fernández, dia 1 de março, em Montevidéu, durante a posse do presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou. A informação foi dada pelo ministro das Relações Exteriores argentino, Felipe Solá, na quarta-feira, 12, durante reunião no Palácio do Planalto.

“Foi uma proposta do presidente Bolsonaro, que já contava que ambos iam se encontrar na posse e pediu um aparte com o presidente Alberto Fernández”, afirmou o ministro argentino, segundo a Agência Brasil.

“Há coisas que se entende de forma diferente aqui ou na Argentina. E esse encontro foi muito importante para isso. As coisas mudaram bastante”, afirmou o chanceler ao final do encontro em Brasília, referindo-se às divergências políticas e ideológicas entre os dois presidentes.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374