Bolsonaro confirma que taxa Selic deve cair para 4,5% ao ano

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.

Crédito: studiogstock/ Freepik

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta segunda-feira (9) que o Copom (Comitê de Política Monetária) deve ratificar o novo corte na taxa básica de juros – Selic – ainda esta semana.

Segundo Bolsonaro, que fez a declaração em uma live no Facebook, a nova baixa na taxa de juros, que deve ser reduzida de 5% para 4,5% ao ano, representará uma enorme economia aos cofres públicos.

“Essa dívida interna monstruosa, tem que sinalizar que ela está em declínio. Conversando com o Roberto Campos, presidente do Banco Central, o juro, que está 5%, vamos supor que seja mantida a taxa Selic a 5%, isso aí vai proporcionar de economia no ano que vem R$ 97 bilhões. Em vez de 400 bilhões, vamos gastar 300 bilhões”.

O Copom tem duas reuniões marcadas ainda para 2019. Uma na próxima terça-feira (10) e outra na quarta (11), quando, efetivamente, o novo corte na taxa Selic deve ser sacramentado.

 


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374