“Bolsonaro arrasta Brasil para conflito armado com a Venezuela”, diz Maduro

Felipe Santos Diogo
Economista - Especialista em investimentos (CEA®)

Crédito: Reprodução / Ultimosegundo.ig

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou o presidente Jair Bolsonaro de “levar o Brasil para um conflito armado” com o seu país. A acusação de Maduro, realizadas na última sexta-feira (14) foi utilizada como justificativa para exercícios militares realizados neste final de semana, de acordo com informações da AFP.

“Bolsonaro está arrastando as Forças Armadas do Brasil para um conflito armado com a Venezuela, ao amparar um grupo de terroristas que atacou um quartel militar venezuelano”, declarou Maduro a uma coletiva com a imprensa estrangeira.

O presidente da Venezuela se referia a um conflito de militares desertores contra um destacamento da Força Armada venezuelana em Bolívar, maior estado venezuelano que fica ao sul da fronteira com o Brasil. O conflito ocorreu no dia 22 de dezembro.

Maduro acusa o governo brasileiro de estar por trás de tal conflito. Maduro revelou na coletiva que o seu país está mobilizando “todos os sistemas de mísseis terra-ar, terra a terra, os sistemas de foguetes, todas as formas de defesa antiaérea, aérea, terrestre, em todo o terrestre, em todo o território nacional”.

O mandatário afirmou que tal preparação militar está no direito de seu governo para garantir “o direito à paz e à integralidade territorial”, informa a agência de notícias AFP.