Bolsas no exterior melhoram, mas Ibovespa não consegue acompanhar

Guilherme Paulo
Colaborador do Torcedores

Crédito: A trader walks past a board showing the final trading numbers on the floor of the New York Stock Exchange shortly after the closing bell in New York, U.S., October 2, 2019. REUTERS/Lucas Jackson

Ibovespa é refém de cenário doméstico, especialmente político, com dificuldade no andamento da reforma da previdência.

Mercado Europeu

As bolsas europeias encerraram majoritariamente em alta, na expectativa das negociações comerciais entre EUA e China, ignorando os rumores de que o país asiático pode não estar interessado em um acordo amplo, ignorando os dados ruins econômicos da Alemanha e as incertezas sobre o Brexit.

No Reino Unido, as incertezas em torno do Brexit continuam, e nenhuma solução parece estar próxima.

Na Alemanha, o volume de novas encomendas à indústria do país recuou 0,6% em agosto em relação à julho, enquanto a previsão era de leve alta de 0,2%.

Alemanha | DAX [+0,70%]

Londres | FTSE 100 [+0,59%]

França | CAC 40 [+0,61%]

Zona do euro | Euro Stoxx 50 [+0,71%]

Itália | FTSE MIB [+0,85%]

EUR/USD [+0,07%] | € 1,0983

Bolsas Norte-americanas

A Casa Branca confirmou nesta manhã que as negociações com a China terão início nesta quinta-feira, dia 10, e envolverão o alto escalão, que deve aproveitar as negociações anteriores do baixo escalão. Segundo a porta voz da Casa Branca, Stephanie Griham, os tópicos de discussão incluirão transferência forçada de tecnologia, direitos de propriedade intelectual, serviços, barreiras não tarifárias, agricultura e aplicação”.

Hoje, o dólar ganha das divisas emergentes, em movimento de correção. No Twitter, Trump atacou a Turquia dizendo que “se a Turquia fizer algo que eu, em minha grande e inigualável sabedoria, considerar fora dos limites, destruirei totalmente a economia deles, como já fiz antes.

Em discurso nesta manhã, Kashkari, presidente do FED de Minneapolis, disse que esta é a hora de a instituição apoiar a economia com cortes de juros, mas não se arriscou a dizer quanto mais de corte o FED teria de fazer, e mesmo se caíssem a zero, o banco ainda teria outras ferramentas.

Também durante a manhã, as bolsas norte-americanas ensaiaram uma melhora após as falas de Kudlow, assessor econômico de Trump, que afirmou que os EUA estão abertos para o que a China trouxer na negociação desta semana. Também aproveitou para afirmar que retirar empresas chinesas do mercado de ações “não está na mesa”.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Mas mesmo com a reanimação, as bolsas voltaram a operar no negativo, em leve baixa.

Dow Jones 30 [-0,11%] | 26.543 pontos

S&P 500 [-0,11%] | 2.948 pontos

Nasdaq [-0,06%] | 7.977 pontos

VIX [+1,17%]

Commodities

O petróleo também foi beneficiado pela fala de Kudlow, mas após a leve euforia, retornou aos patamares anteriores.

A referência norte-americana, o WTI para novembro, opera com ganho de 0,80%, a US$ 53,23. No mesmo sentido seguiu a referência britânica, o Brent para novembro opera em alta de 0,75%, a US$ 58,81.

O ouro devolve parte dos ganhos, e opera em baixa mais forte de 0,88%, a US$ 1.499,65 a onça-troy.

A bolsa brasileira

No Brasil, o segundo turno da votação da reforma da previdência deverá ficar para dia 22, uma semana a mais do que o previsto inicialmente, segundo o líder do PSL. O anúncio veio após as complicações do executivo em articular a votação e o boicote do Senado para exigir a negociação de recursos.

O Ibovespa opera com 101.704 pontos, em baixa de 0,83%, após mínima de 101.188 pontos e máxima de 102.546 pontos.

O dólar futuro opera em alta de 0,66%, cotado a R$ 4,091. Na máxima, a moeda atingiu R$ 4,109 e na mínima R$ 4,065.

Acompanhe o mercado financeiro em tempo integral: https://telegram.me/wisir

O que fazer agora

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada. É preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Nossa equipe pode te ajudar a avaliar seu perfil de investidor.

O primeiro passo é uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um especialista no mercado de Investimentos.

É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil de investidor e bater com sua atual carteira de investimentos.