Bolsas europeias fecham em alta pela segunda sessão consecutiva

Omar Salles
null

Crédito: Bolsa de Milão fechou em alta 0,77% na Piazza degli Affari; cações de bancos como o Mediolanum lideraram a alta (Crédito: região da Lombardia, Itália)

As bolsas de valores da Europa fecharam em alta nesta quinta-feira pela segunda sessão seguida, impulsionadas pela perspectiva da assinatura do acordo comercial entre Estados Unidos e China, previsto para a próxima semana. Como ontem, nesta quinta Frankfurt liderou a alta, com o índice Dax avançando 1,3% e as ações da Volkswagen ganhando 2,7%, após a montadora ter anunciado que 2019 foi melhor que o ano passado.  A redução do temor de um confronto Estados Unidos e Irã também ajudou os negócios.

A Bolsa de Milão fechou com a segunda maior alta. O índice FTSE Mib avançou 0,77% liderado pelos papéis dos bancos Bpm (5,4%), Banca Mediolanum (3,5%)  e Ubi (3,2%). A Bolsa de Paris fechou com alta mais modesta, de 0,19% no índice CAC-40. As ações da empresa de alimentação industrial Sodexo caíram 6,2%, refletindo um resultado fraco na América do Norte, onde estão 45% das vendas da companhia francesa. Já as ações da empresa aérea Air France/KLM avançaram 4%, após o anúncio que o número de passageiros em dezembro cresceu 0,8%.

A Bolsa de Londres fechou com alta de 0,30% no índice FTSE. Em destaque, as ações da rede de supermercados Tesco, que reportou vendas de Natal melhores que o setor. Já as ações da rede varejista Marks & Spencer caíram 11%, após a loja de departamentos ter informado que teve uma temporada de fim de ano fraca.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

“A confiança está recuperando o seu ritmo na Europa”, disse Steve Holden, executivo-chefe da Copley Fund à agência Reuters.

As informações são da CNBC News, Reuters e Il Sole 24 Ore.