Bolsa ganha 900 mil pessoas físicas na pandemia; veja mais destaques

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Pixabay

A matéria de capa deste domingo (16) do jornal Estadão dá destaque ao ingresso de novos investidores na Bolsa, nos últimos meses.

Segundo a reportagem, apenas de março a julho, 900 mil novas contas foram abertas, somando quase 3 milhões de investidores na B3.

A entrada em massa de novos investidores compensou de certa forma a saída R$ 45 bilhões sacados pelos estrangeiros no mercado de capitais durante a pandemia.

Entre os motivos principais para esse movimento está a queda na taxa básica de juros, para 2% ao ano.

Desse modo, como a rentabilidade das tradicionais aplicações de renda fixa, já não é mais atraente, o brasileiro vê a necessidade de tomar risco em busca de maior retorno.

O perfil do investidor também sofreu alteração, cada vez mais jovem, seis em cada dez CPFs da Bolsa têm entre 16 e 45 anos, e com objetivos de longo prazo.

Essa faixa etária que já corresponde a quase um quarto (R$ 100 bilhões) dos R$ 382 bilhões sob custódia na B3.

No entanto, o economista José Roberto Mendonça de Barros, da MB Associados, pondera sobre as chances reais de uma fuga de aplicadores no curto e médio prazo,devido à baixa expectativa de crescimento do Brasil neste e no próximo ano. “Esses mais de 2 milhões de investidores que entraram nos últimos tempos não foram ainda testados. Houve uma queda (na Bolsa) em março e abril, mas logo ela se recompôs e voltou para 100 mil pontos. A prova do pudim (se o investidor permanece ou sai) vem agora, a partir de setembro, com o início do discussão do Orçamento do governo federal para 2021”, diz.

Auxílio emergencial impede que 23,5 milhões caiam na pobreza

O jornal Folha de São Paulo traz que, segundo estudo, programas emergenciais para enfrentamento da pandemia da Covid-19 levaram a redução temporária da desigualdade no Brasil.

Desse modo, o programa social evitou a queda para a pobreza de 23,5 milhões de brasileiros. Outras 5,5 milhões de pessoas tiveram aumento de renda com a ajuda do governo.

As medidas foram adotadas pelo governo Jair Bolsonaro em abril. O auxílio é voltado a informais e atende 65,9 milhões de pessoas.

Previsto inicialmente para abril, maio e junho, o benefício foi prorrogado até agosto (cinco meses). Com isso, o custo do programa alcançou R$ 254,2 bilhões.

Sem o benefício de R$ 600, a taxa de pobreza teria ido a 29,8% da população. Segundo a reportagem isso equivale a 63,1 milhões de brasileiros.

O Ministério da Cidadania, responsável pelo auxílio emergencial, ressalta que, segundo dados levantados pelo IBGE, o benefício chegou a 80% dos domicílios mais pobres.

Em formatura de paraquedistas, Bolsonaro exalta presença militar no governo

A edição de domingo da Reuters traz que o presidente Jair Bolsonaro exaltou neste sábado a presença dos militares em seu governo e disse que conta com a força deles para cumprir a missão de ter um país melhor do que recebeu no início da sua gestão.

As declarações foram feitas durante a formatura de paraquedistas na Vila Militar, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Na cerimônia, Bolsonaro —que foi paraquedista do Exército— disse que conta “com a força de vocês” para cumprir “esta missão”, destacando a “lealdade absoluta” ao Brasil.

Não há biodiesel suficiente para atender à demanda no país, diz BR Distribuidora

No Valor Econômico, a reportagem de capa diz que a BR Distribuidora afirmou não haver volumes de biodiesel suficientes para atender à demanda da mistura do diesel no país.

A companhia defende a redução para 10% no percentual de adição do biocombustível para os próximos meses e ressalta a necessidade de medidas urgentes ainda em agosto para “manter o equilíbrio do abastecimento”, informou a reportagem.

Maior empresa de distribuição de combustíveis do país, a BR apoiou a decisão da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) de reiniciar a etapa 3 do 75º Leilão de Biodiesel, suspenso recentemente, já com a redução. “A decisão é não só acertada como primordial para garantir o abastecimento de óleo diesel à sociedade brasileira, nos meses de setembro e outubro deste ano”.

Desde quinta-feira, as indústrias de biodiesel pressionam o governo para que o leilão seja retomado de onde parou para evitar outros prejuízos aos produtores. As principais associações do setor aceitaram a redução da mistura para 10%, mas não o reinício do leilão. Foi proposto um acordo com a ANP para que o assunto não seja judicializado pelas empresas.

Coronavírus

Até as 8h deste domingo (16), foram registradas 107.305 mortes por coronavírus no Brasil, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa.

São 3.318.168 de casos confirmados, sendo que 38.937 aconteceram nas últimas 24 horas.

Planilha de Ações: baixe e faça sua análise para investir