Bolsa: CSN (CSNA3) tem a maior alta do pregão nesta sexta-feira e IRB Brasil (IRBR3), a baixa

Karin Barros
Jornalista com atuação nos dois principais jornais impressos da Grande Florianópolis por quase 10 anos. Costumo dizer que sou viciada em informação, por isso me encantei com a economia, que une tudo de alguma forma sempre. Atualmente também vivo intensamente o mundo da assessoria de imprensa e do PR.
1

Crédito: Reprodução Facebook CSN

O pregão desta sexta-feira (5) foi do setor siderúrgico, tanto entre altas como entre as baixas do dia.

A maior alta ficou com a CSN (CSNA3) que subiu 7,36% para R$ 33,39.

Logo atrás ficaram Usiminas (USIM5), Gerdau (GGBR4), Vale (VALE3) e Gerdau (GOAU4).

O Credit Suisse disse em seu relatório que as siderúrgicas brasileiras planejam um novo aumento para os preços dos aços longos neste mês.

A alta pode chegar a 15%, de acordo com o banco.

A Vale realizou lucros após o acordo sobre Brumadinho.

As baixas

No topo das baixas desta sexta ficou a IRB Brasil (IRBR3) com -2,95% para R$ 6,91. Além da (BTOW3), Braskem (BRKM5), LCAM3) e Cyrella (CYRE3).

Petrobras (PETR3 PETR4) sofreu bastante oscilação nesta sexta.

Subiu com a negativa do presidente Bolsonaro de interferências na política de preços da estatal e caiu com a notícia da Reuters sobre paridade de preços com o mercado internacional, mas reagiu com sangue frio a alta do petróleo.

Os grandes bancos foram o contraponto negativo, em realização de lucros, por temor ao confuso quadro fiscal brasileiro.

O Banco do Brasil ON (BBAS3) caiu 0,67%, Bradesco ON (BBDC3) -0,66% e BBDC4 -0,54%.

A unit do Pactual subiu 0,49%; neste último caso, a Oi informou a assinatura de um acordo de exclusividade com o fundo de investimentos em participações Economia Real, gerido pelo banco, para discutir a venda da InfraCo.

Itaú Unibanco PN (ITUB54) recuou 0,43%, mas a unit do Santander (SANB11) valorizou 0,85%

Mosaico dispara

O índice Small Caps ganhou força na reta final e fechou a semana em alta de 0,53%; estreante na B3, a Mosaico (MOSI3) dispara 96,97%

A plataforma digital Mosaico, dona dos sites Zoom, Buscapé e Bondfaro, afirmou que usará os recursos da oferta primária para a quitação de financiamento com o BTG Pactual, bem como ampliação da participação no mercado de comércio eletrônico.

BTG Pactual, Itaú BBA, Goldman Sachs, XP Investimentos e JPMorgan foram os coordenadores da operação.
Small Caps

Ganhando força na reta final do pregão, o índice SMLL retomou a trajetória de alta observada na semana, em +0,53%, aos 2.877,96 pontos.

Em fevereiro, soma ganhos de 5,59% e, em 2021, de +1,97%.

O noticiário corporativo impactou papeis da WIZ (#WIZS3), que avançaram 2,71%, com acordo operacional para distribuição de produtos da Itaú Consórcios por meio de rede de parceiros.

Para as elétricas, desempenho no pregão foi de alta, com Copel (CPLE6), +0,88%; Alupar (ALUP11), +0,27%; Cesp (CESP6), +1,56%; Eneva (ENEV3), +1,12%; Ômega (OMGE3), +1,30%.

Os bancos médios, como no Ibovespa, realizaram lucros, e à exceção de Pan (BPAN4), em +3,46%, caíram em bloco com os riscos fiscais.

Bancos Inter caiu 3,38% (BIDI11) e -3,61% (BIDI4); BMG (BMGB4), -0,87%; Banrisul (BRSR6), -1,10%; ABC (ABCB4), -0,25%.