BNDESPar zera participação na Klabin (KLBN11), Camil (CAML3) aprova pagamento de JCP

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Klabin (Instagram)

Nesta sexta-feira (28), a Klabin (KLBN11) informou o recebimento da correspondência do BNDESPar, braço de investimentos do BNDES. Foi anunciada a alienação da totalidade das units de emissão da companhia.

Portanto, o BNDESPar deixou de ser acionista da Klabin. No comunicado, o BNDESPar informa que as vendas foram realizadas em pregão na B3 entre os dias 22/02 e 27/05. Por volta do 12h, as ações da Klabin recuavam 1,69% (R$ 26,20).

Ecorodovias (ECOR3) contrata bancos para preparar oferta pública de ações

A Ecorodovias (ECOR3) comunicou que contratou um grupo de bancos para prestação de assessoria financeira. Ou seja, inclui trabalhos preparatórios para uma potencial oferta pública de distribuição primária e secundária de ações, com esforços restritos de colocação e esforços de colocação no exterior.

As instituições financeiras contratadas são BTG Pactual (BPAC11), Bradesco BBI, Itaú BBA, Bank of America (BofA). Em fato relevante, a empresa ressalta que a realização da oferta está sob análise da companhia e de seus acionistas. Portanto, ainda não há definição sobre o volume a ser captado, preço por ação ou cronograma.

Camil (CAML3) aprova pagamento de JCP

A Camil Alimentos (CAML3) aprova pagamento de juros sobre capital próprio no valor bruto de R$ 20 milhões, o que corresponde a R$ 0,054774397 por ação ordinária. Acionistas detentores de ações na data base de 1 de junho de 2021 terão direito ao provento a partir de 2 de junho. Os valores serão pagos em 14 de junho.