BNDES faz auditoria de R$ 48 milhões mas não encontra irregularidades

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo
1

Crédito: Reprodução / Canva - Banco Nacional do Desenvolvimento

Um relatório de investigação feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que custou R$ 48 milhões, não encontrou indícios de irregularidades.

Roram investigados operações entre o banco e as empresas JBS, Bertin e Eldorado. As ações são entre 2005 e 2018, sem apresentar nenhum indício de corrupção, em oito operações. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

No dia 10 de dezembro, o banco divulgou um relatório, informando a inexistência de indícios de corrupção. E nem de influência indevida ou pressão para tratamento diferenciado nas negociações. A auditoria, que não é pública, foi entregue para a Procuradoria-Geral da República.

BDRs. Alternativas para investir no exterior diretamente da bolsa brasileira

Assim, a auditoria, sob responsabillidade do escritorio Cleary Gottlieb Steen & Hamilton LLP, foi realizada em regime de subcontratação pelo Levy & Salomão.