BNDES aprova R$97 milhões para planta de biogás

Tatiane Lima
Jornalista, redatora sênior. Tecnóloga em Recursos Humanos e MBA em Comunicação e Marketing. Apaixonada por empreendedorismo criativo. Atuei nos três setores, com hard news, jornalismo on, off e redação publicitária.

Crédito: Gerald Krieseler por Pixabay

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na segunda-feira (13), fez o anúncio da aprovação de financiamento no valor de R$ 97,1 milhões à Cocal Energia. Assim, a aplicação do recurso deverá ser designada à construção de uma planta para a produção de biogás. Além da geração de energia elétrica na cidade de Narandiba, no interior do estado de São Paulo. Em volume, o projeto da Cocal estima alcançar a produção de 33 milhões de m³/ano de biogás.

Para o processo, subprodutos da cana-de-açúcar serão utilizados como insumos. Como, por exemplo, a palha, torta de filtro – resíduo resultante da filtração do caldo extraído da cana – e vinhaça. A proposta atende aos princípios da sustentabilidade. E pretende utilizar os resíduos provenientes da produção de açúcar e etanol na unidade local da empresa, em Narandiba.

O investimento total previsto para a implementação do plano de biogás será de R$ 139,7 milhões. Sendo que uma parte sairá do Fundo Clima: cerca de R$ 30 milhões do valor integral virá de empréstimos de recursos.

Biogás no Brasil

Com a preocupação crescente em relação à questão ambiental nos últimos anos, alternativas como o biogás vem ganhando cada vez mais espaço. Aliás, o Brasil possui o maior potencial para a produção dessa fonte de energia do mundo, conforme a Associação Brasileira do Biogás (ABiogás). Não à toa, em três anos, de 2015 a 2018, a produção do biocombustível cresceu mais do que o dobro. Segundo dados do Centro Internacional de Energias Renováveis-Biogás (CIBiogás), o volume passou de 1,5 milhão para 3,1 milhões de m³/dia.

Por ser uma fonte renovável e limpa, apresenta vantagens em comparação aos demais processos. Procedente de resíduos da agroindústria, do saneamento e de dejetos de animais, o biogás tem baixa emissão de poluentes. E não gera nenhum resíduo, como a fuligem – resquício da queima de combustíveis, por exemplo.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Ainda segundo a ABiogás, calcula-se, até 2030, que o Brasil possa produzir 32 milhões de m³/dia de biometano. O impulsionamento se dará graças às iniciativas ao setor. Assim como ganhará força com a nova Política Nacional de Biocombustíveis.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374