Bernie Sanders e Elizabeth Warren intensificam brigas

Juliana Gusmão
null

Crédito: Reprodução / The New York Times

Bernie Sanders e Elizabeth Warren tentaram, sem sucesso, acalmar as águas na última terça-feira(14) , depois de uma briga envolvendo elitismo, sexismo e insinuações de mentiras. Em um amplo debate em que os principais candidatos desfrutavam de momentos fortes sem obter um vencedor claro.

O confronto entre os progressistas paira sobre uma corrida apertada. Contudo, isso ocorre 20 dias antes do caucus de Iowa. Que são eventos eleitorais bienais para membros dos partidos democratas e republicanos no estado americano de Iowa. Depois de uma recente pesquisa da Des Moines Register da CNN mostrar Sanders, Warren, Joe Biden e Pete Buttigieg agrupados em uma disputa de cinco pontos na frente do campo.

Era difícil ver como alguém no palco da Drake University, em Des Moines, melhorou drasticamente sua posição. Sobretudo, nos caucuses de Iowa, em 3 de fevereiro.

EQI, BTG Pactual Forpus Capital lançam novo fundo de ações

Sanders está na liderança, segundo pesquisa

Boas notícias para Sanders, que liderou uma das principais pesquisas de Iowa, e Biden, que liderou uma segunda pesquisa. Já Warren e Buttigieg, estão lutando para ganhar altitude em Iowa. Portanto, se mantiveram com performances nítidas, ao mesmo tempo em que atingiram alguns rivais.

Quando os moderadores levantaram a disputa de Sanders-Warren, os sorrisos desconfortáveis ​​dos dois candidatos capturaram os sentimentos de muitos progressistas que querem que os dois trabalhem juntos. O objetivo é impedir que um neutro, como Biden, ganhe a indicação.