Berkshire Hathaway, de Buffet, tem prejuízo de US$ 49 bi no 1TRI20

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Flickr

O megainvestidor Warren Buffet viu sua empresa Berkshire Hathaway reverter o lucro de US$ 21,6 bilhões no primeiro trimestre de 2019 para um prejuízo de US$ 49,7 bilhões no primeiro trimestre deste ano.

Esse movimento para baixo no resultado da companhia foi em função da crise do novo coronavírus, que impactou parte significativa da carteira de investimentos da empresa.

Segundo balanço divulgado neste sábado (2), a Hathaway perdeu US$ 55,5 bilhões no trimestre, com recuou de 20% no índice S&P 500 de Wall Street.

EmpreendedorismoTécnicas para Renda Fixa. Estratégias para proteção de investimentos.

Tudo isso hoje na MoneyWeek

A Berkshire Hathaway informou no balanço que os negócios da companhia foram impactos de diversas formas pela vírus, desde os mais baixos aos mais graves, e as receitas de negócios essenciais caíram significantemente no mês passado.

O lucro operacional da companhia avançou 5,7% em comparação com o ano de 2019, para US$ 5,9 bilhões. A Berkshire Hathaway também lucrou mais com setor de seguros.

De acordo com o documento, a companhia possui US$ 137 bilhões em caixa atualmente, um recorde para a empresa.

Berkshire Hathaway

A Berkshire Hathaway e suas subsidiárias se envolvem em diversas atividades comerciais, incluindo seguros e
resseguro, serviços públicos e energia, transporte ferroviário de carga, manufatura, varejo e serviços.
As ações ordinárias da empresa estão listadas na Bolsa de Valores de Nova York.