Minerva (BEEF3) e Marfrig (MRFG3) veem oportunidades em importação pelos EUA

Cláudia Maia
null
1

Crédito: Reprodução

Os frigoríficos Minerva e Marfrig divulgaram comunicados nesta quarta-feira (26) onde avaliam como positiva a decisão do governo dos EUA de reabrir a importação de carne bovina in natura do Brasil, que estava suspensa desde 2017.

O Minerva avaliou que a medida “é um importante passo para os produtores brasileiros e pode abrir oportunidades em outros mercados que seguem padrões sanitários semelhantes, ampliando assim a capilaridade da carne bovina brasileira no mercado global”.

O Marfrig destacou que as operações da empresa na América do Sul passam a ter total integração comercial com a América do Norte. “A abertura irá contribuir para facilitar a relação comercial e aumentar o portfólio da Operação América do Norte”, diz o comunicado.

Uruguai e Argentina

As duas companhias já vendem aos EUA por meio de suas operações na Argentina e no Uruguai. A Minerva teve a aprovação de vender a partir de cinco unidades industriais brasileiras, que totalizam capacidade de abate de 6.040 cabeças/dias.

No documento, a empresa ressaltou que os EUA são o segundo maior importador de carne bovina do mundo, segundo dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), com aproximadamente 1.390 mil toneladas em 2019. O maior fornecedor atualmente é a Austrália, que responde por 24% do volume total.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Correção

A reabertura do mercado foi informada na sexta (21) ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com aplicação imediata, pelo USDA e o Serviço de Inspeção e Inocuidade Alimentar (FSIS). Os órgãos disseram que “o país corrigiu os problemas sistêmicos que levaram à suspensão e está restabelecendo a elegibilidade das exportações de carne bovina in natura para os Estados Unidos”. A interrupção foi motivada por abcessos verificados nos rebanhos decorrentes da vacina contra a febre aftosa.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374