BCE vê sinais de que retração será menor na economia da zona do euro

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Foto: Reprodução/Pixabay

O BCE (Banco Central Europeu) divulgou uma pesquisa nesta sexta-feira (17) projetando um cenário menos tenebroso para a economia da zona do euro em 2020.

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

De acordo com o relatório trimestral da instituição, o PIB do bloco deve ter uma retração menor do que a esperada e, de quebra, uma recuperação mais rápida dos estragos causados pela pandemia de coronavírus.

Os números esperados apontam para uma recessão de 8,3% em 2020, melhor do que a queda de 8,7% projetada pelo próprio BCE anteriormente.

Para 2021, é esperado um crescimento econômico de 5,7%, melhor do que a alta de 5,2% estimada pelo próprio BCE em junho.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos

BCE otimista com inflação e recuperação

O BCE detectou como pior período da economia os meses de abril e maio, mas avaliou, em seu recente relatório, que a recuperação está caminhando bem.

De acordo com a pesquisa, o cenário analisado pelo Banco Central Europeu mostrou otimismo também em relação à inflação na zona do euro.

Os números apontaram alta dos preços em 2020 de 0,4% contra projeção de 0,3% do BCE. Para 2021, a inflação foi calculada em 1% contra avanço de 0,8% visto pelo órgão financeiro.

Planilha de ações: baixe e faça sua análise para investir