BB (BBAS3) entra em índice de sustentabilidade da bolsa de Nova York

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Foto: BB (BBAS3) vende carteira de crédito podre

O Banco do Brasil (BBAS3) foi escolhido para compor um dos grupos mais seletos de empresas sustentáveis.

As ações do banco na bolsa de Nova York passarão a integrar o Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI), nas categorias mercado mundial e emergente.

Criada em 1999, a carteira é composta por 10% das empresas com melhor desempenho em cada um dos setores avaliados.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

Alinhamento

Para fazer parte desses índices, as empresas precisam alinhar-se às melhores práticas de mercado, por meio de uma série de iniciativas.

Elas vão desde a concepção de produtos e serviços que contribuam com a transição para uma economia inclusiva e de baixo carbono.

O indicador também avalia práticas administrativas ecologicamente eficientes e investimentos contínuos em melhorias.

BB: referência mundial

Além do Banco do Brasil, 24 bancos em todo o planeta foram listados no DJSI, que é revisado a cada ano.

Na avaliação de 2020, o Banco do Brasil foi considerado referência mundial em sete dos 23 temas avaliados nas dimensões econômica, ambiental e social.

Em nota, o BB informou que a indicação para compor o índice representa o reconhecimento do mercado internacional à atuação em sustentabilidade do Banco e à iniciativa em incorporar o tema na estratégia corporativa e nas práticas administrativas e negociais.

Neste ano, o banco inaugurou as primeiras usinas próprias de energia solar. A primeira começou a funcionar em março em Porteirinha, Minas Gerais.

A segunda iniciou as operações no mês passado, em São Domingos do Araguaia, no estado do Pará.

Leia Mais

Mercado Livre (MELI34): vale a pena investir neste BDR?

Papel e celulose: o que você precisa saber antes de investir no setor

*Com Agência Brasil

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.