Bandeira tarifária de março será verde e conta não terá cobrança extra, diz Aneel

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)

Crédito: Beth Santos/Secretaria-Geral da PR

A bandeira tarifária em março de 2020 será verde, sem custo para os consumidores, informa a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Será o segundo mês consecutivo de bandeira verde.

Volume de chuvas

De acordo com a agência, “em fevereiro, os principais reservatórios de hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional (SIN) apresentaram recuperação de níveis em razão do volume de chuvas próximo ao padrão histórico do mês”.

Para março, indica a Aneel, “a previsão é de manutenção dessa condição hidrológica favorável, o que aponta para um cenário com elevada participação das hidrelétricas, reduzindo a necessidade de acionamento do parque termelétrico.”

Bom uso de energia

Criado pela Aneel , o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica.

O funcionamento das bandeiras tarifárias tem três cores: verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2), que indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Custo extra compensado

“Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca,”0 informou a Aneel.

O acréscimo cobrado na conta pelo acionamento da bandeira amarela é de R$ 1,34 a cada 100 kWh consumidos.

Já na bandeira vermelha patamar 1 o valor a mais cobrado é de R$ 4,16 a cada 100 kWh e no patamar 2 da bandeira o valor é de R$ 6,24 por 100 kWh consumidos. A bandeira verde não tem cobrança extra.

*com Agência Brasil

LEIA MAIS

Aneel homologa resultados de dois leilões de 2019

Aneel suspende operação de geradoras da Renova (RNEW11) devido às chuvas no ES