Banco Mundial sinaliza crise global depois de aumento rápido de empréstimos desde 1970

Paula Soares Amador
Colaboradora EQI
1

Crédito: Reprodução / Brasilagro

Banco Mundial revela que uma nova crise da dívida global pode acontecer. Houve o reconhecimento por parte de bancos centrais e governo, de que taxas baixas historicamente podem não ser suficientes para remediar um novo declínio financeiro generalizado. Em relatório publicado na sua bianuais Global Economic Prospects (GEP), na ultima Quarta-feira. Foi informado que o acúmulo de dívidas ocorreu por quatro vezes ao longo dos últimos 50 anos. Suspeita-se que a onda atual que teve início em 2010, seja o mais rápido e maior aumento de empréstimos globais desde 1970.

Segundo o Banco Mundial, as ondas que aconteceram antes não tiveram desfechhos positivos. Terminaram com graves crises financeiras em diversas economias emergentes e em desenvolvimento. No relatório, Ayhan Kose, que é diretor de perspectivas do Banco Mundial, disse que “As baixas taxas de juros globais fornecem apenas uma proteção precária contra crises financeiras”.

Foi colocado no relatório do Banco Mundial

Foi incluído no relatório que a dois anos atrás, a dívida teve batimento record a cerca de 230% do (PIB) produto interno bruto. Enquanto isso, a dívida das economias emergentes e também em desenvolvimento, teve alta histórica. Atingiu quase 170% do PIB, marcando um aumento de 54 pontos percentuais desde o ano de 2010. Sendo a China responsável por grande parte deste aumento.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a opções de investimentos de acordo com seu perfil. Invista em suas Escolhas

Ceyla Pazarbasioglu, vice presidente de Crescimento Equitativo, Finanças e Intituições, disse no relatório que aproveitar a oportunidade para empreender reformas estruturais que tragam aumento de base ampla é essencial para a redução da pobreza.

PIB entenda o que é

https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,entenda-o-que-e-o-pib-e-como-ele-e-calculado,70002481040

Ondas de dívidas globais anteriores

Entre os anos de 1970-1989, 1990-2001 e 2002-2009, ocorreram as três primeiras ondas de acumulação de dívida global. O Banco Mundial deu sugestões para melhorias. Dizendo que boa gestão e transparência da dívida podem reduzir custos e conter riscos fiscais. Resistentes estruturas monetárias, cambiais e de política fiscal podem ajudar. Regulamentação e supervisão rigorosa do setor financeiro para enfrentar e reconhecer riscos emergentes. E para garantir o uso da dívida produtivamente, é essencial uma gestão de política eficaz de finanças públicas que seja capaz de promover uma positiva governança financeira.

Crescimento global e sua previsão

Para o ano vigente o Banco Mundial revelou que sua previsão de crescimento econômico global é de 2,5 %. Ela é maior do que a projeção anterior, que foi de 2,4 %, mas isso sem descartar os riscos. Para um crescimento sustentado, é necessário que se criem etapas que melhorem o clima comercial e o gerencimaneto da dívida.