Banco Inter (BIDI4) comunica aumento de capital; BR Properties (BRPR3) recompra ações

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / Facebook / Banco Inter

O Banco Inter (BIDI3 BIDI4 BIDI11) aprovou nesta segunda-feira o aumento do seu capital social, dentro do limite autorizado, no valor total de R$ 13,826 milhões.

A operação será realizada mediante a emissão de 1.502.715 novas ações, sendo 779.201 ações ordinárias e 723.514 ações preferenciais.

O preço de emissão por ação será de R$ 8,604 para as ordinárias (BIDI3), fixado com base na média das cotações apuradas no fechamento dos últimos dez pregões do segmento especial de negociação da B3 (B3SA3).

Os pregões analisados foram do dia 12 ao dia 25 de junho de 2020.

Houve a aplicação de um deságio de 20%. A intenção é estimular os acionistas minoritários da empresa a participarem do aumento de capital.

“O aumento de capital ora deliberado tem por objetivo reforçar a capitalização do Banco, especialmente considerando suas expectativas de crescimento e expansão de suas operações, mantendo os seus índices de liquidez em níveis elevados”, informa a empresa em nota.

Preferenciais e Units

O preço para a preferenciais do Banco Inter (BIDI4) é de R$ 9,844, seguindo a mesma metodologia usada para estipular o valor das ações ordinárias.

Os Units (BIDI11) foram avaliados em R$ 28,292 cada, sempre na proporção de uma ação ordinária e duas preferenciais.

O preço de cada Unit foi fixado com base na média das cotações de duas ações preferenciais e de uma ação ordinária, apuradas no fechamento dos últimos dez pregões, como foi feito para BIDI3 e BIDI4.

Os papéis BIDI11 tiveram valorização de 5,28% nesta segunda-feira, passando a valer R$ 43,04%.

BIDI3 passou a valer R$ 13,27, após subir 3,67% no pregão de hoje. E BIDI4 foi a R$ 15,08, após ganhar 8,48% na última sessão.

BR Properties (BRPR3) encerra programa de recompra de ações

A BR Properties (BRPR3) informou, também nesta segunda-feira, que encerrou o seu Programa de Recompra de Ações de emissão da própria companhia.

O motivo foi que todas as ações foram adquiridas.

O total recomprado pela BR Properties foi de 4 milhões ações ordinárias, adquiridas pelo preço de mercado no momento de cada operação.

O preço médio de aquisição acabou sendo de R$ 8,81 por ação.

Entretanto, o ativo BRPR3 fechou o pregão desta segunda-feira a R$ 8,96, com valorização de 1,93%.