BB (BBAS3) aprova membros do conselho; Cielo (CIEL3) e Portobello (PTBL3) anunciam JCP

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação / BB

O Banco do Brasil (BBAS3) informou nesta terça-feira (27) que seu Comitê de Pessoas, Remuneração e Elegibilidade (Corem) apreciou as indicações de Aramis Sá de Andrade, para o Conselho de Administração, indicado pela União para o mandato 2021-2023; e de Robert Juenemann, para o mesmo conselho e mesmo mandato, indicado por acionistas minoritários.

O Corem decidiu que ambos os nomes não possuem empecilhos para o cargo: “os indicados comprovaram possuir idoneidade moral, reputação ilibada, formação acadêmica e experiência profissional compatíveis com as funções para as quais foram indicados”.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

“Os indicados preenchem os requisitos que os qualificam como conselheiros independentes”, ressaltou o Corem do Banco do Brasil. Assim, podem assumir seus postos.

Cielo (CIEL3) aprova pagamento de JCP no valor de R$ 85,151 milhões

A Ceilo (CIEL3) aprovou a distribuição de Juros sobre Capital Próprio (JCP) de cerca de R$ 85,151 milhões, referente ao 1° Trimestre de 2021.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

O valor final por ação do JCP é de R$ 0,03152578584. Os JCP serão pagos aos acionistas no dia 13 de maio de 2021, com base na posição acionária de 30 de abril de 2021.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Portobello (PTBL3) anuncia dividendos e JCP

A Portobello (PTBL3) comunicou hoje que o pagamento de dividendos será com base no dia 30 de abril de 2021. A partir do dia 3 de maio (na segunda-feira próxima), os papéis serão negociados como ex-dividendos.

O saldo aprovado líquido para pagamento dos dividendos obrigatórios e adicionais, é de cerca de R$ 60,894 milhões.

Isso corresponde a R$ 0,410669617 por ação ordinária, dos quais R$ 17,278 milhões já adiantados em 9 de fevereiro último, na forma de dividendos, sendo R$ 0,11181398 por ação.

Os valores não adiantados, totalizando R$ 43,615 milhões serão pagos no dia 13 de maio de 2021, da seguinte forma, segundo a empresa: Dividendos no montante de R$ 26,219 milhões, correspondente a R$ 0,180437307 por ação ordinária; e JCP no valor líquido de imposto de R$ 16,996 milhões, correspondente a R$ 0,115204461 por ação ordinária.

Trisul (TRIS3) ajusta valor de dividendos para R$ 0,2419 por ação

A Trisul (TRIS3) aprovou a distribuição de dividendos, com base no lucro líquido do exercício findo em 31 de dezembro de 2020.

O valor é de R$ 45 milhões, que serão pagos em duas parcelas iguais de R$ 22,5 milhões, sendo a primeira no dia 4 de maio próximo e a segunda em 6 de julho de 2021.

Isso corresponde a R$ 0,24191267 por ação, já que 600 mil ações ficam em tesouraria. A ressalva é importante, porque a ata da Assembleia Geral Ordinária consta o valor de R$ 0,24113489 por ação, por contabilizar as ações em tesouraria.

Guararapes (GUAR3) inaugura loja no RJ

A Guararapes Confecções (GUAR3) anunciou a abertura de mais uma Carter’s, localizada no Barra Shopping, no Rio de Janeiro, capital. É a sexta loja Carter’s.

Essa é a segunda loja inaugurada em 2021. A outra foi no Ourinhos Plaza Shopping, em Ourinhos, interior de São Paulo, com 1.506 metros quadrados. A do Barra Shopping tem 126 metros quadrados.

“Com esta inauguração”, ressaltou a Guararapes, “a companhia totaliza 332 lojas, sendo 323 da Riachuelo, 6 da Carter’s e 3 da Casa Riachuelo”.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.