Balanços: calendário completo da safra do 1º trimestre de 2021

Redação EuQueroInvestir
Colaborador do Torcedores
1

Com o mês de maio, a safra de balanços do primeiro trimestre acelera com a divulgação de resultados de diversos setores, mas com destaque para os bancos, setor de consumo e indústria.

Entre os balanços previstos estão os de Ambev (ABEV3), Azul (AZUL4), B3 (B3SA3), B2W (BTOW3), Banco do Brasil (BBAS3), Itaú (ITUB4), Bradesco (BBDC4), Gerdau (GGBR4), PetroRio (PRIO3), GPA (PCAR3)Porto Seguro (PSSA3), Lojas Americanas (LAME4) e TIM (TIMS3), entre outros.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Neste artigo, trazemos os principais balanços previstos para esta semana, com as indicações para os resultados e as teleconferências, separados pelos setores, e a retrospectiva dos resultados já divulgados.

Bancos e Serviços Financeiros

Entre as empresas do setor financeiro, especialmente os bancos, a expectativa é de que os resultados absorvam positivamente o menor volume de provisões, sobretudo na compação com o mesmo período do ano passado, quando os efeitos da pandemia atingiram os balanços.

Assim, deve haver uma melhora nos lucros, por conta das menores despesas com provisões. No mais, o recente agravamento da pandemia ainda não deve impactar os resultados dos bancos.

Outros pontos importantes para monitorar são os comportamentos dos níveis de inadimplência, de expansão do crédito e as margens financeiras que podem ser pressionadas por conta da elevação da taxa Selic.

Balanços de bancos e instituições financeiras nesta semana:

Resultados já publicados:

Mineração, petróleo e siderurgia

Por conta da alta dos preços das commodities metálicas, diante da demanda chinesa, o que elevou os preços do minério de ferrro, os resultados da Vale (VALE3) devem se beneficiar.

Ademais, na prévia operacional, a Vale (VALE3) informou uma produção de 68,045 milhões de toneladas de minério no primeiro trimestre, alta de 14,2% contra um ano antes.

Já entre as siderúrgicas, a Usiminas (USIM5) abriu a safra de balanços, com lucro de R$ 1,2 bilhão no primeiro trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 424 milhões do mesmo período do ano passado.

Mas, de forma geral, as siderúrgicas devem se beneficiar da demanda interna aquecida em todos elos da cadeia, como automotivo, construção e indústria, puxando receitas e margens.

Balanços de mineração e siderurgia nesta semana:

Resultados já publicados:

Papel e Celulose

Mais um setor beneficiado pela valorização no preços das commodities é o de papel e celulose, impulsionada pela demanda chinesa e europeia.

Isso deverá resultar em aumentos nos volumes e nos preços, trazendo alta de receita e margens.

Resultados já publicados:

Energia elétrica e saneamento

Entre as empresas de energia, o destaque fica com o aumento do consumo de energia, sobretudo na região Sudeste, por conta da demanda da indústria e flexibilização do lockdown ao longo do primeiro trimestre.

Assim, as empresas do setor de distribuição podem apresentar melhores resultados, enquanto as geradoras devem ser impactadas por meio custos.

Balanços de energia e saneamento nesta semana:

Resultados já publicados:

Saúde

No setor de saúde, o aumento dos casos de Covid-19 impacta na geração de receitas por conta do adiamento de cirurgias eletivas.

Por outro lado, companhias como Fleury (FLRY3) e Raia Drogasil (RADL3), se beneficiam do aumento do número de exames de Covid-19.

Na sexta-feira, a Hypera (HYPE3) reportou lucro de R$ 305,1 milhões no primeiro trimestre, alta de 28,1%.

Resultados já publicados:

Shoppings e Construção

Um dos setores que vão concentrar a atenção dos investidores é o dos shopping centers, que sofreu ao longo do primeiro trimestre com os decretos de fechamentos totais e parciais.

Entre os indicadores operacionais, o foco estará nas taxas de ocupação e inadimplências dos centros de compras. Além do desempenho das receitas, que podem apresentar variações conforme a localização dos shoppings.

Balanços de shoppings e construção nesta semana:

Resultados já publicados:

Transportes e indústria

Mais um segmento a sentir os efeitos da pandemia é o de transporte, sobretudo por conta da redução da locomoção.

Em sua prévia operacional, a Gol (GOLL4) informou redução de 31% no número de voos diários entre fevereiro e março, e queda de 25% na busca por passagens no mesmo período.

Já na índustria local há aumento de custos, impactando margens, o que pode ser compensado pelas vendas ao exterior, para algumas empresas com este foco.

Balanços de transporte e indústria nesta semana:

Resultados já publicados:

Mais balanços: Alimentos, Varejo, Teles e Tecnologia

Importante: todos os resultados estão sujeitos a alterações por parte das empresas.

Veja o calendário de Maio de Balanços:

10 de maio

  • Banco Pan (BPAN4)
  • Brasil Agro (AGRO3)
  • Itsaúsa (ITSA4)
  • Direcional (DIRR3)
  • Mitre (MTRE3)
  • Log-In (LOGN3)
  • Linx (LINX3)
  • Cia Hering (HGTX3)
  • Blau Farmacêuticca (BLAU3)
  • Petz (PETZ3)

11 de maio

  • Telefônica Brasil (VIVT3)
  • Banco Inter (BIDI11)
  • Banco BTG Pactual (BPAC11)
  • Santos Brasil (STBP3)
  • BR Distribuidora (BRDT3)
  • Klabin (KLBN4)
  • NotreDame Intermédica (GNDI3)
  • Raia Drogasil (RADL3)
  • Sul América (SULA3)
  • Carrefour (CRFB3)
  • Espaço Laser (ESPA3)
  • Grupo Soma (SOMA3)
  • Vulcabras Azaleia (VULC3)

12 de maio

  • Ambipar (AMBP3)
  • Camil Alimentos (CAML3)
  • Marfrig (MRFG3)
  • Banrisul (BRSR6)
  • Moura Dubeux (MDNE3)
  • MRV Engenharia (MRVE3)
  • Trisul (TRIS3)
  • Anima Educação (ANIM3)
  • Equatorial (EQTL3)
  • EDP Brasil (ENBR3)
  • Aeris (AERI3)
  • Fras-Le (FRAS3)
  • Eucatex (EUCA4)
  • Enauta (ENAT3)
  • 3R Petroleum (RRRP3)
  • Suzano (SUZB3)
  • YDUQS (YDUQ3)
  • D1000 (DMVF3)
  • Dimed/Panvel (PNVL3)
  • Valid (VLID3)
  • Estapar (ALPK3)
  • Aliansce Sonae (ALSO3)
  • Locaweb (LWSA3)
  • Positivo Tecnologia (POSI3)
  • Via Varejo (VVAR3)

13 de maio

  • SLC Agrícola (SLCE3)
  • JBS (JBSS3)
  • CCR (CCRO3)
  • Ecorodovias (ECOR3)
  • Cury (CURY3)
  • Cyrela (CYRE3)
  • EzTec (EZTC3)
  • Lavvi (LAVV3)
  • Melnick (MELK3)
  • Plano&Plano (PLPL3)
  • Cruzeiro do Sul (CSED3)
  • MAHLE-Metal Leve (LEVE3)
  • Randon (RAPT4)
  • Unipar Carbocloro (UNIP6)
  • Hidrovias do Brasil (HBSA3)
  • Rumo (RAIL3)
  • Bradespar (BRAP4)
  • Ferbasa (FESA4)
  • Oceanpact (OPCT3)
  • IRB Brasil (IRBR3)
  • Sanepar (SAPR4)
  • Alliar (AALR3)
  • Eletromidia (ELMD3)
  • Intelbras (INTB3)
  • Orizon (ORVR3)
  • C&A (CEAB3)
  • Centauro (SBFG3)
  • Grupo Mateus (GMAT3)
  • Mobly (MBLY3)
  • Mosaico (MOSI3)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Petrobras (PETR3 PETR4)
  • Track&Field (TFCO4)
  • Westwing (WEST3)
  • Mater Dei (MATD3)

14 de maio

  • Cosan (CSAN3)
  • BRF (BRFS3)
  • Banco ABC Brasil (ABCB4)
  • Even (EVEN3)
  • Cogna (COGN3)
  • Ser Educacional (SEER3)
  • Cemig (CMIG4)
  • Light (LIGT3)
  • Boa Vista Serviços (BOAS3)
  • Portobello (PTBL3)
  • Hapvida (HAPV3)
  • Bemobi (BMOB3)
  • CVC (CVCB3)
  • Enjoei (ENJU3)
  • Natura (NTCO3)
  • Vivara (VIVA3)

17 de maio

  • Focus Energia (POWE3)
  • Meliuz (CASH3)
  • Iochpe-Maxion (MYPK3)
  • Hermes Pardini (PARD3)
  • Rede D’Or (RDOR3)

18 de maio

  • Priner (PRNR3)

21 de maio

  • São Martinho (SMTO3)

23 de maio

  • Jalles Machado (JALL3)

(Por Rodrigo Petry, Marco Antônio Lopes e Victoria Anhesini)