Balança comercial tem déficit de US$ 1,3 bi em novembro

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

Crédito: Balança Comercial

A balança comercial brasileira teve déficit de U$ 1,3 bilhão em novembro, pior resultado para o mês desde 2014, de U$ 2,7 bilhões. O montante foi alcançado em meio ao avanço mais expressivo das importações, movimento que tem sido observado há meses.

O resultado, divulgado nesta quarta-feira (1) pelo Ministério da Economia, veio em linha com estimativa de analistas de um saldo negativo de U$ 1,2 bilhão, conforme pesquisa da Reuters.

No mês passado, as exportações ficaram em U$ 20,3 bilhões, alta de 23,2% pela média diária. Os volumes vendidos caíram 5,6%, enquanto os preços subiram 24,1%.

As importações, por sua vez, saltaram 53,1% na mesma base, a U$ 21,6 bilhões. Estas, de acordo com os dados, foram puxadas tanto pelo aumento de preços (+34,7%) quanto pelo volume comprado (+4,5%).

No acumulado de janeiro a novembro, o superávit da balança é de U$ 57,2 bilhões ante saldo positivo de U$ 47,7 bilhões do mesmo período do ano passado.

Por fim, para 2021, a expectativa mais recente do Ministério da Economia, divulgada em outubro, foi de um superávit comercial de U$ 70,9 bilhões. Ou seja, seria um valor recorde para a série, iniciada em 1989.