B3 (B3SA3) participa de rodada de US$ 108 mi

Marcello Sigwalt
null
1

Crédito: foto divulgação

Em comunicado ao mercado, B3 (B3SA3) informou ter celebrado acordo de participação na rodada de investimento série B da Pismo Holdings (Pismo), no valor de US$ 108 milhões, que busca acelerar a expansão global e o desenvolvimento de tecnologias líderes nos segmentos de serviços bancários, pagamentos e de  infraestrutura para o mercado financeiro.

Com um investimento de US$ 10 milhões, a B3 pretende aproximar, ainda mais, a relação com um fornecedor-chave para desenvolvimentos futuros em seus mercados. A Pismo é uma techfin que oferta plataforma completa de  processamento  para  serviços financeiros em  nuvem.

A transação teve a liderança da SoftBank Latin American Fund, Amazon and Accel, com participação de Falabella Ventures, PruVen, Redpoint eventures e Headline.

EmbraeX (EMBR3) assina acordo de transformação digital com Republic Airways

A EmbraerX (EMBR3) acaba de assinar acordo com a Republic Airways para utilização de plataforma de coordenação de manutenção Beacon, com o objetivo de realizar a transformação digital da empresa.

Caberá a Beacon, além de apoiar todas as operações de manutenção, acelerar o tempo de retorno à operação da aeronave, por meio da integração à plataforma nas estações da Republic, sem contar a inclusão de cada um de seus provedores de manutenção de plantão.

Ao adotar o Beacon,  a  Republic  e  seus parceiros  de  serviço  de  manutenção conquistaram vantagem competitiva, graças à eficiência da plataforma na resolução de casos de manutenção. Como uma das primeiras empresas a adotar o Beacon, a Republic tem validado e  testado  os  recursos  do  Beacon  com  seus  usuários  no  segmento  de  grandes  operadoras independentes regionais.

Porto Seguro (PSSA) apresenta mapa sintético de votação

Em comunicado ao mercado, a Porto Seguro S.A. (PSSA) – nos termos da Instrução CVM nº481/09 – apresentou o mapa sintético de votação relativo à consolidação das instruções de voto transmitidas pelos acionistas ao agente de custódia, depositário central, bem como ao   escriturador e aqueles recebidos diretamente pela companhia.

O objetivo da medida é identificar as instruções de voto para cada item constante dos boletins de voto a distância, incluindo as matérias submetidas à deliberação da Assembleia Geral Extraordinária a ser realizada em 20 de outubro de 2021.

Venda bruta do Atacadão (CRFB3) cresce 50% em dois anos

Mediante vendas brutas de R$ 15,5 bilhões no terceiro trimestre do ano (3T21), o Grupo Carrefour Brasil (CRFB3) obteve crescimento recorde de 50% em relação ao mesmo período de 2019.

Já o faturamento total (R$ 12,3 bilhões), no mesmo comparativo, aumentou 26%, com destaque para a expansão de 41,6% do faturamento do cartão de crédito da companhia, assim como pelo crescimento de 16,6% de sua carteira total de crédito.

Os alimentos online, por sua vez, experimentaram alta de 401% nos dois anos pesquisados, com forte contribuição do Atacadão para o resultado, pois a empresa dispõe de um marketplace totalmente integrado, automatizado e que atende 90% das cidades brasileiras pelo formato de atacado de entrega.

Petro Recôncavo (RECV3) registra elevação de 84% da produção média

Levando em conta dados ainda preliminares e não auditados, a Petro Reconcavo (RECV3) informou sobre o crescimento de 1,6% de sua produção no terceiro trimestre do ano (3T21), se comparado ao trimestre anterior (2T21).

A companhia esclarece que os dados incluem a produção das 34 concessões da Potiguar E&P; concessões da Recôncavo E&P, mais produção dos campos operados pela Petro Reconcavo no contrato com cláusula de risco em 12 campos da Petrobras.

Tomando por base o mês de dezembro de 2019, a companhia obteve aumento de 84% em sua produção média diária.

Faturamento líquido da Recrusul (RCSL4) aumenta 95% no 3T21

Por meio de fato relevante, a Recrusul (RCSL4) informou que seu faturamento líquido, referente ao terceiro trimestre do ano (3T21) apresentou crescimento de 95% em relação ao mesmo período de 2020 (3T20).

No acumulado dos primeiros nove meses do ano (9M21), o faturamento da empresa chegou a R$ 56,5 milhões, o que corresponde a um crescimento de 130,6% em relação ao (9M20), quando apurou R$ 24,5milhões.

Mas se for considerado o faturamento consolidado da companhia em igual período citado, ete cresceu 61,4% do que todo o ano passado.

As unidades faturadas no 3T21 (206 implementos rodoviários), por sua vez, tiveram crescimento de 35,5% em relação às 152 unidades do 3T20.