Azul tem aumento de 30,6% no tráfego de passageiros em relação a novembro de 2018

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: aeroportoguarulhos.net

A Azul divulgou os resultados preliminares de tráfego de novembro de 2019 e apontou um aumento no tráfego de passageiros consolidado de 30,6% em relação a novembro de 2018. O crescimento da capacidade ficou em 32,5%, no mesmo período de comparação, o que resultou em uma taxa de ocupação de 82,4%.

Essa taxa total de ocupação representa queda de 1,2% em relação a novembro do ano passado.

Azul no mercado doméstico e internacional

No âmbito doméstico, a Azul apresentou um resultado de 30,4% de aumento no tráfego de passageiros e de 30,9% de acréscimo na capacidade.

Descubra novos caminhos para multiplicar seu patrimônio. Aprenda hoje a investir R$ 300 mil com os melhores desempenhos.

A taxa de ocupação, entretanto, decaiu 0,3% na comparação entre os novembros avaliados. Na comparação anual, 2019 apresenta um aumento de 1,3% na taxa de ocupação, em relação a 2018.

Já no mercado internacional, a companhia fechou o segundo mês do último trimestre com aumento de 31,4% no tráfego de passageiros consolidado e com 38,3% na capacidade. A taxa de ocupação caiu 4,4%. Assim como na ocupação doméstica, a comparação anual apresentou aumento: na esfera internacional foi de 2,2%.

Cenário favorável

John Rodgerson, CEO da Azul, comentou os resultados divulgados nessa sexta-feira, 6 de dezembro: “mais uma vez registramos um aumento expressivo de capacidade no mercado doméstico acompanhado por um crescimento de mesma intensidade no tráfego de passageiros, ante um favorável cenário de demanda no Brasil. Encerramos o mês de novembro com 34 A320neos (família de aeronaves bimotoras turbofan) e três E2 (E-jets Embraer, jato bimotor de médio alcance), principais propulsores de nosso crescimento e expansão de margem”.

A Azul S.A. é a maior companhia aérea do Brasil em número de voos e cidades atendidas, com 910 voos diários e 112 destinos. Possui uma frota operacional de 132 aeronaves e mais de 12.000 funcionários. São 237 rotas em 30 de setembro de 2019.