Azul (AZUL4): tráfego de passageiros sobe 51,6%; julho terá aumento de voos

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor

Crédito: Reprodução / Azul

A Azul (AZUL4) informou nesta terça-feira (9) que o tráfego de passageiros consolidado (RPKs) aumentou 51,6% em relação a abril de 2020.

Enquanto isso, a capacidade, ou assentos-quilômetro oferecidos (ASKs), subiu 44,8%. Assim, a taxa de ocupação ficou em 72,0%, um aumento de 3,2 pontos percentuais na relação com abril.

Os voos domésticos tiveram alta de 49,1% em RPK, de 182 milhões para 271 milhões; e de 40,5% de ASK, de 260 milhões para 365 milhões em maio; o que representou uma taxa de ocupação de 74,1% em maio, 4,3 pontos percentuais a mais do que em abril.

Nos voos internacionais, o RPK subiu 64,8%, de 35 milhões em abril para 58 milhões em maio; e o ASK, 65,3%, de 55 milhões para 90 milhões em maio. A taxa, então, ficou em 63,8%, uma baixaa de 0,2 ponto percentual em relação a abril.

O RPK é calculado ao multiplicar-se o número de passageiros pagantes pelos quilômetros voados. Já o ASK é número de assentos disponíveis multiplicado pelos quilômetros voados.

Retomada

“Em maio, nós vimos uma tendência positiva na demanda, com os RPKs domésticos aumentando 49,1% em relação a abril. Encerramos o mês com 115 voos diários em dias com maior demanda, para 38 cidades, e continuamos a ajustar nossa malha à medida em que a demanda se recupera, gerando um fluxo positivo de receita, que compensa nossos custos variáveis”, disse John Rodgerson, CEO da Azul.

Em abril, foram 70 voos diários.

A empresa foi a primeira a ampliar a oferta de voos em abril, desde o dia 16. Em 20 de maio, a Azul informou que elevaria para 168 o número de voos diários nos dias de pico durante o mês de junho.

Com relação aos destinos domésticos, a companhia pensava em ampliar de 38 cidades em maio para 57 em junho. Em abril, a Azul estava voando para apenas 25 locais.

Por conta da pandemia, a redução da oferta de voos de todas as aéreas no Brasil já chegou em 90%, para 405 voos por semana.

Azul atualiza malha para julho

A companhia aérea também informou que espera aumentar o número de voos em julho para 240 decolagens diárias nos dias de maior demanda, um acréscimo de 42,86% com relação a junho.

Além disso, a companhia irá voar novamente para seis destinos domésticos, totalizando 66 cidades atendidas, 9 a mais do que o planejamento para junho.

“Continuamos a ver melhorias no ambiente de demanda. Graças à flexibilidade de nossa frota, conseguimos aproveitar a demanda ao máximo e iremos continuar a aumentar gradativamente a nossa malha”, afirmou Abhi Shah, vice-presidente de receitas da Azul.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil