Azul (AZUL4), Gol (GOLL4) e CVC (CVCB3) entre as maiores altas; Banco Inter (BIDI11) e Cielo (CIEL3) recuam

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

Azul (AZUL4), Gol (GOLL4) e CVC (CVCB3) despontam entre as maiores altas do Ibovespa nesta quarta-feira (26), com altas de 4,95%, 4,66% e 3,98%, respectivamente, às 11h22.

As ações das três empresas acompanham o clima de retomada da economia em todo o mundo, graças à vacinação e às consequentes reaberturas.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A Azul ainda tem mais um ponto a seu favor: a empresa discute com arrendadores de aviões um plano cujo objetivo é adquirir a Latam Brasil, conforme informou o jornal Valor. As tratativas com a operadora chilena não têm surtido efeito.

A Latam deve apresentar até julho seu plano de recuperação judicial à justiça em Nova York – a Azul poderia entrar nesse processo fazendo uma oferta para adquirir a operação no Brasil, com apoio das empresas de leasing de aviões que estão no grupo de principais credores da Latam Group.

Já a Gol divulgou nesta manhã uma revisão de suas projeções para o segundo trimestre de 2021 e para o segundo semestre deste ano.

Para o segundo trimestre, a empresa projeta uma receita operacional líquida de cerca de R$ 1 bilhão. Para o segundo semestre, receita líquida de R$ 6 bilhões.

A expectativa da empresa é que a taxa de ocupação das aeronaves chegue a 81% ante 79% anunciados anteriormente no segundo trimestre. E 80% no segundo semestre.

Entre as baixas, destaque para o Banco Inter (BIDI11), que cai 1,82%, depois de ter forte valorização na segunda-feira (24) ao anunciar investimento da Stone e plano de migrar para a Nasdaq.

A Cielo (CIEL3) cai 1,47%. A empresa desmentiu hoje rumores sobre cisão, alegando que nem Bradesco, nem Banco do Brasil pensam em alterar o controle da companhia.

Cosan (CSAN3) e Usiminas (USIM5) caem (1,46% e 1,16%) junto com o minério de ferro, que tombou mais de 6% na bolsa de Dalian, na China. O governo chinês interfere no preço da commodity para combater a inflação.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3