Azul (AZUL4) reverte lucro e tem prejuízo R$ 918,2 mi no 4º trimestre

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Crédito: Divulgação Azul

A Azul (AZUL4) registrou prejuízo líquido de R$ 918,2 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo lucro líquido de R$ 411,2  milhões registrado no mesmo período do ano passado.

No ano, o prejuízo líquido somou R$ 4,601 bilhões, revertendo lucro líquido de R$ 845,5 milhões de 2019.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O resultado financeiro foi positivo em R$ 618,8 milhões no quarto trimestre do ano passado, um aumento de 913,2% sobre os ganhos financeiros do quarto trimestre de 2019.

Os custos e despesas operacionais somaram R$ 1,926 bilhão, retração de 22% em relação ao quarto trimestre do ano passado.

Conforme a Azul, o resultado é fruto principalmente da queda nas despesas que variam de acordo com a capacidade, e às iniciativas de redução de custo.

O lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) somou R$ 192,9 milhões no quarto trimestre de 2020, redução de 84,3% na comparação ano a ano.

Enquanto isso, a margem Ebitda ajustado foi de 10,8%, baixa de 27 p.p.

Receita  

A receita líquida atingiu R$ 1,783 bilhão no período, uma redução de 45,1% na comparação anual.

De acordo com a Azul, o desempenho foi devido ao impacto da pandemia de COVID-19 na demanda de passageiros.

O lucro bruto subiu% no quarto trimestre do ano passado, atingindo R$  milhões.

A margem bruta ficou em % no trimestre, alta de pontos percentuais.

Operacional

O RASK aumentou 11,2% durante o trimestre. Cargas e outras receitas cresceram 65,9% comparado com o 4T19, totalizando R$255,4milhões, um aumento de 31,8% em 2020 comparado com 2019, principalmente ao melhor desempenho da operação de cargas, especialmente no mercado eletrônico.

O tráfego de passageiros (RPK) aumentou 105,2% com um crescimento de capacidade de 99,1%, representando uma taxa de ocupação de 80,8%, 2,4 pontos percentuais acima do 3T20.

O PRASK aumentou 22,9% trimestre a trimestre impulsionado por uma melhor na taxa de ocupação e yields.

Investimentos

Os investimentos, excluindo o caixa líquido recebido na venda de ativo imobilizado, totalizaram R$ 34,4 milhões no quarto trimestre de 2020 comparado aos R$ 440,4 milhões no mesmo período de 2019, relacionado principalmente à capitalização de eventos de manutenção de motores e aquisição de peças de reposição.

Dívida e caixa

A Azul encerrou o trimestre com uma liquidez imediata de R$ 4,0 bilhões.

A dívida líquida da companhia encerrou o quarto trimestre de 2020 em R$ 12,269 bilhões.

Veja os principais destaques do balanço da Azul: